AL deve contribuir com 10% da receita da TCS

0
3



A Tata Consultancy Services (TCS), empresa de serviços de TI, soluções de negócios e outsourcing, anuncia a nova estratégia de crescimento para a América Latina. O objetivo é fazer com que México, Caribe, América Central e América do Sul, juntos, respondam por mais de 10% do faturamento global da empresa em 2011.


Para alcançar essa meta, a TCS anuncia Henry Manzano como CEO das operações na América Latina. Manzano assume o lugar de Gabriel Rozman, presidente da divisão desde o início das operações em 2002 e atual vice-presidente para mercados emergentes. “A América Latina é fundamental em nossa estratégia global de crescimento e estamos em busca de uma expansão mais agressiva nessa região. Henry Manzano tem experiência para liderar a companhia nesta próxima etapa de crescimento”, afirma Rozman.


Atualmente, as receitas da TCS Iberoamérica representam 4,7% do faturamento global de US$ 4,3 bilhões no ano fiscal 2006-07. “Vamos expandir o sucesso na América Latina e buscar a liderança nos principais setores. Queremos entrar em novos mercados, com a expansão das ofertas de serviço e de nossos Centros de Desenvolvimento. A meta é dobrar nossa presença na região e responder por mais de 10% da receita global em 2011”, comenta Henry Manzano, CEO para América Latina.