Amesp automatiza sistemas com Delphi

0
6


A Amesp, empresa de assistência médica, desenvolve internamente 100% dos sistemas, com Delphi e em plataforma Windows. A companhia utiliza o software de desenvolvimento da Borland há 10 anos e graças a um crescimento de 100 mil associados na carteira de clientes no ano de 2005, a empresa adquiriu mais 11 licenças do Delphi7, totalizando 24 softwares rodando em 2006.

“Com o Delphi 7, nós desenvolvemos e aprimoramos nossos principais processos internos. Ao todo são mais de 12 módulos interligados, que compreendem inúmeros sistemas como os de cadastros, contas a pagar e a receber, contas médicas, reembolsos aos pacientes, solicitação de exames, marcação de consultas, credenciamento e muitos outros”, afirma Samuel Natali Jr., responsável funcional pelo departamento de TI da companhia.

“Hoje, a Amesp é responsável pelo atendimento de 420 mil beneficiários e, para oferecer uma resposta ágil aos nossos clientes, optamos pelo software da Borland, que oferece a melhor performance de desenvolvimento do mercado. Com ele, obtivemos 87% de satisfação dos nossos clientes, no ano passado. A meta para 2006 é alcançar 92% de contentamento dos nossos beneficiários”, conta Samuel.

Por meio de um histórico médico eletrônico – também desenvolvido em Delphi – que fornece o histórico dos pacientes, os funcionários da Amesp conseguem até mesmo orientar os clientes quanto à necessidade de fazer determinado exame (caso o prazo do anterior não tenha expirado), contribuindo para a preservação da saúde dos beneficiários. “Nosso sistema de marcação de consultas possibilita a conciliação de agendas para o paciente que deseja ser atendido por diversos médicos no mesmo dia ou ainda agendar consultas para outros membros da família. O sistema faz com que esse paciente possa realizar todas as suas consultas e exames na mesma data”, afirma o executivo.