Anatel divulga números da telefonia celular

0
0


A telefonia móvel registrou 1.793.149 novas habilitações em maio e fechou o quinto mês de 2006 com um total de 92.377.336 acessos em serviço em todo o País. Os pré-pagos atendem a 74.393.448 assinantes, ou 80,53% do total, enquanto os pós-pagos ficam com os 19,47% restantes – 17.983.888 habilitações. O resultado de maio é o melhor deste ano para o setor, mas representa uma redução de 39,22% em relação às 2.950.079 adesões registradas no mesmo mês de 2005. Nos cinco meses do ano, o Serviço Móvel Pessoal (SMP) ampliou sua base em mais 6.167.000 assinantes, número que é, no entanto, 24,18% inferior às 8.134.807 adesões obtidas pelo setor entre janeiro e maio do ano passado.

Em 12 meses, de junho de 2005 a maio de 2006, número de habilitações da telefonia celular cresceu 25,27%, agregando 18.636.952 novos acessos em serviço à planta móvel brasileira. Mesmo com ritmo mais lento de expansão, o resultado do setor em maio manteve a tendência de crescimento da teledensidade do serviço móvel.

O indicador (teledensidade), que é utilizado internacionalmente para mostrar o número de telefones em serviço para cada grupo de 100 habitantes, avançou de um índice de 48,72 em abril para 49,62 (maio), contra 46,58 em dezembro de 2005 e 40,17 em maio de 2005 – o que representa crescimento de 1,85% no mês; 6,53% no ano; e 23,52% em 12 meses.

Mercado – A prestadora Vivo continua líder do mercado, com 32,99% dos assinantes brasileiros de telefonia móvel (detinha 33,35% em abril), seguida da TIM, com 23,59% – 23,58% em abril. A Claro tem 22,24% e registra aproximação da TIM nos dois últimos meses (detinha 22,02% em abril e 21,75% em março). A Oi (Telemar) tem 12,78% (12,65% em abril); a Telemig Celular/Amazônia Celular, 5,01% (5,09% em abril); a 14BrasilTelecom GSM, 2,86% (2,78% em abril); a CTBC Telecom Celular mantém os mesmos 0,44% de abril, enquanto a Sercomtel Celular continua com 0,09% do mercado.

A Tecnologia GSM permanece em expansão e na liderança do mercado, com 52.055.913 acessos (eram 50.098.252 em abril e 46.009.905 em janeiro), ou 56,35% do total. A tecnologia CDMA tem 25.369.834 acessos em serviço (contra 24.955.739 em abril), ou 27,46% do total, e a TDMA, 14.828.666 acessos ou 16,05% (17,01% em abril). A tecnologia analógica AMPS possui apenas 122.923 acessos (0,13% do total).