Anvisa interdita lotes de leite

0
2



Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determina a interdição cautelar de lotes de leite tipo longa-vida comercializados pelas empresas Parmalat, Calu e Centenário. Os lotes de leite que foram interditados não devem ser consumidos. Não há restrição de consumo e comercialização para outros lotes do produto. Os estoques de leite cujos lotes estão interditados não podem ser comercializados nem devem estar acessíveis à população nos pontos de venda, locais sujeitos à fiscalização sanitária.


As Vigilâncias Sanitárias dos Estados e municípios estão orientadas a interditar preventivamente os lotes de leite que, segundo laudo encaminhado à Anvisa pela Polícia Federal (PF), apresentaram acidez ou alcalinidade em desacordo com a legislação do Ministério da Agricultura. O laudo da PF é resultado de exames laboratoriais feitos em amostras de leite processado por cooperativas de Minas Gerais. As informações sobre o lote e o prazo de validade do leite constam do rótulo do produto.


O consumidor que tiver adquirido leite cujo lote está interditado não deve, por precaução, consumir o produto. A população pode apresentar o leite (cujo lote está interditado) ao estabelecimento comercial em que o produto foi adquirido e ainda informar ou encaminhar o leite à Vigilância estadual ou municipal. A Anvisa orienta ainda que, em caso de verificação de qualquer aspecto diferente no produto o consumidor também comunique o fato à autoridade sanitária local.