Apoio tecnológico nos processos produtivos

0
1


Integrar aplicações legadas em novas tecnologias é uma tarefa que constitui um desafio até mesmo para dirigentes da área de Tecnologia da Informação das empresas. A equipe da Superintendência de Informática da Copasa desempenhou a tarefa com grande êxito, utilizando o EntireX, da Consist, uma solução que combina um mecanismo de troca de mensagens (messaging) de alto desempenho com interfaces abertas e de fácil uso.

O foco da Copasa é a captação, tratamento, distribuição de água e de esgoto no atendimento ao Estado de Minas Gerais e, como toda empresa, precisava de tecnologia para sustentar os processos produtivos. “A integração na verdade sempre existiu, mas a forma como era feita podia e tinha de melhorar”, afirma Mardem Rosa, analista de sistemas e administrador de banco de dados da Copasa.

Em 1997, quando surgiu a necessidade de integração com a entrada de serviços via Internet, o primeiro trabalho realizado foi a emissão da segunda via de contas dos usuários. Ao aparecer a necessidade de extensão dos sistemas comerciais na Internet, a equipe da Superintendência de Informática se deparou com dificuldades de migração. Nesse mesmo momento, o geoprocessamento estava sendo implantado e uma das premissas visava à integração plena com o sistema Sicom que estava no mainframe, com os dados armazenados em Adabas e os programas desenvolvidos em Natural. Porém, o geoprocessamento utilizaria uma tecnologia nova, o Unix.

As duas necessidades sentidas pela Copasa foram resolvidas com o EntireX. Antes, foi desenvolvido um piloto com um programa em Word, que busca dados no Adabas e depois foi estendido para a rotina da 2ª via de conta.

Desde então, a Copasa vem aplicando as soluções em série, como no geoprocessamento, que presta um serviço importante para o usuário, por exemplo, quando as operações e manutenções da rede de água geram interrupções e os clientes telefonam para o callcenter. Se houver uma paralisação dos serviços em qualquer cidade de Minas, as informações entram no sistema de geoprocessamento e o de callcenter opera no mainframe em Natural/Adabas. A interrupção é cadastrada no sistema de geoprocessamento e os operadores automaticamente acessam diretamente os dados, informando ao usuário as razões da paralisação e o retorno à normalidade.

Outro importante sistema da Copasa é o Sicom, que teve implantação facilitada em virtude da integração. Atualmente, os “leituristas” emitem a conta de água on-line, na residência do usuário. Antes, iam para a rua, traziam as informações em papel, era feita a digitação dos dados, rodava-se o faturamento, que era enviado para expedição. Hoje, o “leiturista” chega na casa do cliente com um PDA, faz a leitura, dá um enter, processa a conta, emite e faz a entrega para o cliente.