Apostando na web

0
1


Hoje, a internet e a maior parceira de negócios das empresa. Dados divulgados pela Associação de E-Business indicam que as empresas que compram via web gastam 30% menos, já que os processos possibilitam maior competitividade, maior concorrência, menor tempo de realização e menor risco de fraude em comparação ao mundo real. Outro estudo realizado pela empresa e-Bit demonstra que o comércio eletrônico permanece em ritmo acelerado, tendo crescido 30,7% no primeiro semestre de 2005, em comparação com o mesmo período no ano passado. No entanto, muitas empresas, principalmente da área de serviços, não têm investido no comércio eletrônico. No entanto, muitas empresas, principalmente da área de serviços, não têm investido no comércio eletrônico.

O quadro mostra um crescimento sólido e constante do comércio eletrônico, ainda que restrito a tipos de comércio de bens físicos. As empresas de serviços em geral é que ainda não aproveitaram o enorme potencial disponibilizado por mais de 11 milhões de conexões domésticas já existentes. “A perspectiva de geração de valor é significativa para as empresas de serviços que perceberem que necessitam se organizar e relacionar com os consumidores, de forma diferente da convencional em que operam, para se beneficiarem desse enorme potencial”, afirma Paulo Sardelich, especialista em E-Business da S.A.R. Sistemas. O setor de seguros, por exemplo, é um dos que precisa apostar melhor na web como canal de distribuição, destaca Sardelich.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorContatos BR lança plano corporativo
Próximo artigoEDS participa do C4