Aptada e Serasa fecham acordo

0
1


De acordo com pesquisa sobre crédito de pessoas físicas realizado pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) o crédito consignado (com débito em folha de pagamento) é uma das modalidades que mais crescem atualmente, já representando 16,1% dos empréstimos realizados por pessoas físicas. Para analistas do setor financeiro, o crescimento está ligado às vantagens oferecidas como menor taxa de juros, facilidade no pagamento e segurança. Porém para as empresas, oferecer esses serviços para os colaboradores pode ser motivo de problemas e insatisfações.

Na mesma proporção crescem as reclamações dos funcionários por cobranças indevidas. Segundo Manoel José da Rocha, diretor de tecnologia da Apdata, empresa especializada em gestão de RH, isso ocorre porque o sistema de empréstimo ainda não está integrado à folha de pagamento das organizações. “Como conseqüência, o registro e a atualização dos dados relacionados ao empréstimo tem de ser feitos manualmente. Além de demandar tempo, o trabalho aumenta os riscos de erros”, avalia.

Para oferecer ao mercado uma solução completa, a Apdata integrou sua solução de gestão de RH, o Global Antares à Serasa. Como plataforma para o desenvolvimento de um novo serviço a solução automatiza o processo de empréstimo consignado. Desta forma, o banco de dados do RH da empresa fica integrado com as informações da Serasa e da instituição bancária.

Com o serviço, basta que o colaborador entre no site do banco e faça a solicitação de empréstimo consignado e o sistema da Serasa consultará automaticamente, seguindo as políticas de crédito personalizadas do banco. “Se tudo estiver de acordo com essas políticas estabelecidas pelo banco, as informações são enviadas para a área de RH, que valida o contrato e realiza a gestão das operações”, afirma a gerente de produto da Serasa, Kátia Mori.