Clique e visite a landing do Congresso ClienteSA 2022

O canal para quem respira cliente.

As principais aplicações móveis para 2012

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



O Gartner, empresa de pesquisa e aconselhamento sobre tecnologia, anuncia as dez principais aplicações móveis para 2012. A lista avalia o impacto das aplicações sobre os consumidores e players da indústria, levando em consideração o faturamento, fidelidade, modelo de negócio, valor para o consumidor e penetração de mercado estimada.

 

“As aplicações e os serviços móveis de consumo não são mais privilégios das operadoras móveis. O crescente interesse dos consumidores por smartphones, a participação de players de Internet no espaço móvel e o surgimento de lojas virtuais de aplicações estão reduzindo o domínio das operadoras”, afirma Sandy Shen, diretora de pesquisas do Gartner. De acordo com a analista, cada participante desse mercado vai influenciar o modo como a aplicação é entregue e vivenciada pelos consumidores que, por sua vez, definem para quais opções direcionar sua atenção e seu poder de compra.

 

“A competição entre os setores da indústria é pelo controle do ecossistema e da experiência dos usuários. O proprietário deste ecossistema terá o maior benefício em termos de receita e fidelidade dos usuários”, comenta. Segundo a analista, a previsão é que a maioria dos usuários não usará mais do que cinco aplicações móveis ao mesmo tempo e que a maioria das oportunidades futuras virão de “killer applications” (aplicações realmente inovadoras capazes de evidenciar o valor de uma nova tecnologia, levando à sua adoção maciça).

 

As dez principais aplicações móveis de consumo em 2012 serão:

1) Transferência de fundos

Este serviço permite a operação de transferência de dinheiro utilizando o Short Message Service (SMS). Seu custo menor, maior velocidade e conveniência – comparados com os serviços tradicionais de transferência – têm um forte apelo para os usuários nos mercados em desenvolvimento, e a maioria dos serviços conseguiu milhões de usuários em seu primeiro ano. Porém, há desafios em termos de regulamentação e riscos operacionais. Em virtude do rápido crescimento das transferências de fundos via dispositivos móveis, os reguladores de muitos mercados estão investigando o impacto sobre os custos dos consumidores, segurança, fraudes e lavagem de dinheiro. No aspecto operacional, as condições de mercado variam, da mesma forma que os recursos locais dos provedores de serviços. Por isso, os fornecedores precisam de diferentes estratégias de mercado.

 

2) Location-Based Services (Serviços com base na localização)

Location-based services (LBS) fazem parte dos serviços sensíveis ao contexto, um serviço que, segundo o Gartner, deverá ser um dos que causarão maior impacto nos próximos anos. O Gartner prevê que a base de usuários de LBS vai crescer, em termos globais, de 96 milhões em 2009 para mais de 526 milhões em 2012. LBS está na segunda posição em virtude do alto valor percebido pelos usuários e sua influência na fidelidade dos mesmos. Seu alto valor é consequência de sua capacidade de atender a uma ampla gama de necessidades, que vão desde a produtividade e o cumprimento de metas, até redes sociais e entretenimento.

 

3) Pesquisa Móvel

O principal objetivo da pesquisa móvel é impulsionar as oportunidades de venda e de marketing nos telefones móveis. Para atingir essa meta, primeiro a indústria precisa melhorar a experiência dos usuários de pesquisa móvel para que as pessoas retornem. Os consumidores permanecerão fiéis a alguns serviços de busca, mas em vez de ficarem com um ou dois provedores na Internet, o Gartner acredita que a fidelidade no telefone móvel deverá ser compartilhada entre alguns provedores que tenham tecnologias únicas para a pesquisa móvel.

 

4) Navegação móvel

A navegação móvel é uma tecnologia amplamente disponível, presente em mais de 60% dos aparelhos vendidos em 2009 – número que, segundo o Gartner, deverá aumentar para aproximadamente 80% em 2013. Os sistemas de Internet móvel têm o potencial de oferecer um bom retorno dos investimentos às empresas. Eles envolvem custos de desenvolvimento muito menores do que o código nativo, reutilizam muitas das técnicas e ferramentas já existentes e podem ser ágeis – entregues e atualizados rapidamente. Portanto, o sistema de web móvel será uma parte fundamental das estratégias móveis corporativas de B2C (Business-to-consumer).

 

5) Monitoramento móvel da saúde

O monitoramento móvel da saúde refere-se ao uso da TI e da comunicação móvel para monitorar pacientes de forma remota. Este serviço pode ajudar governos, instituições de saúde e usuários de serviços de saúde a reduzir os custos relacionados a doenças crônicas e melhorar a qualidade de vida de seus pacientes. Nos mercados em desenvolvimento, o aspecto da mobilidade é um fator chave, pois a cobertura da rede móvel é superior à da rede fixa na maioria dos países. Atualmente, o monitoramento móvel da saúde está nos primórdios da maturidade de mercado e da implementação, e os projetos ainda se limitam a pilotos.

 

6) Pagamento móvel

Normalmente, o pagamento móvel atende a três propósitos. Primeiro, é uma forma de efetuar pagamentos quando há poucas alternativas disponíveis. Segundo, é uma extensão do pagamento online pelo acesso fácil e pela conveniência. Terceiro, é um elemento adicional de autenticação para aumentar a segurança. O pagamento móvel está nesta lista graças ao número de partes interessadas (operadoras móveis, bancos, comerciantes, fornecedores de equipamentos, reguladores e consumidores) e do crescente interesse dos mercados desenvolvidos e em desenvolvimento. Em virtude das muitas opções de tecnologias e modelos de negócio, assim como das exigências regulatórias e das condições locais, o pagamento móvel será um mercado altamente fragmentado. Não haverá práticas de implementação padronizadas, portanto os participantes precisarão encontrar uma solução de trabalho caso a caso.

 

7) Near Field Communication Services

Near Field Communication (NFC) permite a transferência de dados sem contato entre dispositivos compatíveis, bastando colocar um próximo ao outro, cerca de 10 centímetros. A tecnologia pode ser usada, por exemplo, nas compras de varejo, transportes, identificação pessoal e cartões de fidelidade. NFC está em sétimo lugar porque pode aumentar a fidelidade dos usuários aos provedores de serviços e terá um grande impacto sobre os modelos de negócio das empresas. Porém, seu maior desafio é chegar a um acordo comercial entre operadoras móveis e provedores de serviços, como bancos e empresas de transporte. O Gartner acredita que as implementações em grande escala acontecerão a partir do final de 2010, quando os telefones com a tecnologia NFC deverão ser vendidos em grandes volumes, com a Ásia liderando as implementações, seguida pela Europa e pela América do Norte.

 

8) Propaganda Móvel

A propaganda móvel continua crescendo em todas as regiões, mesmo durante o desaquecimento econômico, levada pelo interesse dos anunciantes por essa nova oportunidade e pelo uso crescente de smartphones e Internet sem fio. O gasto total com propaganda móvel em 2008 foi de US$ 530,2 milhões, e o Gartner acredita que esse valor chegue a US$ 7,5 bilhões em 2012. A propaganda móvel está na lista porque será uma forma importante de as empresas lucrarem com conteúdo móvel, oferecendo aplicações e serviços gratuitos aos usuários finais. O canal móvel será utilizado como parte de grandes campanhas de propaganda em várias mídias, incluindo TV, rádio, mídia impressa e outdoors.

 

9) Mensageiro instantâneo móvel

Os problemas de preço e funcionalidade têm dificultado historicamente a adoção de mensageiros instantâneos móveis (Mobile Instant Messaging – IM), ao mesmo tempo em que barreiras comerciais e modelos de negócio incertos têm impossibilitado a ampla difusão e promoção dessa tecnologia. Mobile IM está na lista do Gartner em virtude da demanda latente por parte dos usuários e de condições de mercado que contribuem para sua adoção futura. Tem um apelo particular em usuários de mercados em desenvolvimento, que podem ter nos telefones móveis seu único dispositivo de conectividade, e apresenta uma oportunidade para a propaganda móvel e para as redes sociais.

 

10) Música Móvel

O mercado de música móvel tem sido decepcionante até agora – exceto os ring tones e ring-back tones, que se tornaram serviços de muitos bilhões de dólares. Por outro lado, não se pode diminuir o valor da música móvel, pois os consumidores querem música em seus telefones. Observamos esforços de vários players em termos de modelos inovadores, como pacotes de equipamentos ou serviços, para solucionar questões de preço e funcionalidade. O iTunes faz com que as pessoas paguem pela música, o que mostra que uma experiência superior para os usuários realmente faz a diferença nesse caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima