Atenção a elas!

0
2
Como em todos os anos, o Oscar chama atenção por algum motivo, seja pelos vestidos das atrizes, dos vencedores das estatuetas, sejam eles esperados ou não, ou por algum momento ilustre. Neste ano, com certeza, o maior destaque foi o desabafo da atriz Patricia Arquette, que ao ganhar o prêmio de coadjuvante, deu voz à causa feminista em seu discurso, ao pedir igualdade de gênero. Essa é uma luta que as mulheres vêm batalhando por anos e que, apesar de já ter conquistado algumas vitórias, ainda há muito a ser feito. Não por menos, no dia 08 de março é celebrado o Dia Internacional da Mulher. Aproveitando a data e procurando por uma maneira de mostrar às clientes a importância que possuem, muitas marcas estão preparando homenagens. Segundo Fernando Leal, CEO da Glambox, é de extrema importância comemorar com o público feminino, sobretudo, por ser um tema relevante, seja na questão civil, profissional ou pessoal. “A mulher ainda sente que, em algumas áreas, não é tratada como igual. É uma iniciativa que tem todo o valor do mundo, sendo muito importante, interessante e óbvia”, adiciona. 
Mostrar à cliente o quanto a empresa se preocupa é, para a Glambox, um processo ainda mais importante, pois, justamente, 100% da sua base de cliente é formada por mulheres. “Nossa empresa é um serviço de assinatura para mulheres. Ela assina, paga uma mensalidade e, todos os meses, ela recebe uma caixa com cinco ou sete miniaturas de produtos de beleza para provar”, explica Leal. De acordo com ele, o serviço se encaixa ao perfil que a mulher ocupa hoje na sociedade, se antes ela possuía apenas a demanda de ser mais vaidosa, bonita e se mostrar feminina, hoje, ela têm a busca de ser profissional e bem sucedida. “A consumidora procura, atualmente, demanda por uma melhor informação e um melhor serviço e produtos para se sentir bonita, com boa autoestima, nas diferentes cobranças profissionais e na vida corrida que ela tem. Assim, ela precisa de soluções rápidas e práticas.” 
De acordo com o executivo, o mercado brasileiro de produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos é o terceiro do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos e Japão. Outra razão para se atentar ao público feminino. Como aponta uma pesquisa feita pela própria Glambox, com aproximadamente 20 mil assinantes, o gasto médio com produtos de beleza chega a R$200. “O Brasil é o terceiro maior mercado do mundo para produtos e serviços de beleza, o que representa US$ 22 bilhões em receitas anuais. Estima-se ainda que este mercado cresça 15% ao ano até 2017. E a maioria das grandes marcas de luxo percebe o País como um mercado global chave”, detalha. 
Ele ainda ressalta que o mais interessante desse público é a oportunidade de se criar um relacionamento de longo prazo, por meio do atendimento das expectativas das clientes, com produtos, informações e qualidade. “O mundo, hoje, exige que a mulher tenha uma posição de beleza, sensualidade e, ao mesmo tempo, ser profissional. Então, é um trabalho das empresas, que procuram ser uma fonte de informação de qualidade para a mulher, para que ela se sinta em harmonia, bonita e muito mais.” 
Outro diferencial é a oportunidade de o público feminino permitir que empresas façam uma comunicação mais delicada e próxima. “Com as mídias sociais e a quantidade de informação que existe para qualquer assunto, as mulheres estão muito engajadas em procurar o que é melhor para elas. Dentro da Internet, a palavra mais significativa é relevância. Há muita informação na Internet, então o compromisso é a execução de uma comunicação que tenha conteúdo relevante e inteligente para as mulheres, para que você retenha e fidelize esse público alvo”, finaliza.