O canal para quem respira cliente.

B2Br presta serviços à União

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



A B2Br, integradora de soluções de TI do Grupo TBA, anuncia a participação no desenvolvimento e implantação do Sistema de Informação e Gestão do Patrimônio da União, também chamado de Pátria. O projeto é uma realização do consórcio formado pelas empresas DBA, MSA Informática Sistemas e Automação, TCS – Tata Consultancy Services e B2Br. Esse sistema reunirá softwares especialmente desenvolvidos para otimização da gestão da administração do patrimônio da união pela Secretaria do Patrimônio União (SPU), órgão do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.


Iniciado em julho de 2007, os períodos para desenvolvimento e implantação do sistema Pátria terão duração estimada de aproximadamente 14 meses para a conclusão, pois requer longa e detalhada articulações internas, envolvendo toda a estrutura da SPU (incluindo as 27 regionais estaduais), diversos órgãos do governo federal (Ministério Fazenda, Ministério da Defesa, Ministério da Justiça, Funai, Ibama, Saúde, IBGE, entre outros), além de governos estaduais e municipais, cartórios e outros. A iniciativa faz parte de um programa de longo prazo, focada na modernização do Sistema de Gestão do Patrimônio da União (SIGPU).


Participante ativa na gestão e execução das atividades do projeto, a B2Br será responsável pela análise de requisitos, especificação de casos de uso, modelagem UML (Unified Modeling Language) e arquitetura de software, entre outros itens. “Para a B2Br, participar de um projeto com tal dimensão é o resultado da expertise conquistada pela empresa no desenvolvimento de soluções eficientes para a gestão pública. Além disso, consolida nossa trajetória bem-sucedida de implantação de projetos que atendem de maneira cuidadosa às especificidades do setor”, afirma Waldemar Magalhães, vice-presidente de marketing e parcerias da B2Br.


A implantação do novo sistema representa uma verdadeira evolução para a secretaria do Patrimônio da União. “O novo sistema representa a modernização da SPU, pois garante a confiabilidade dos dados apresentados”, afirma Alexandra Reschke, secretária do Patrimônio da União. “Depois de plenamente instalado, o Pátria promoverá a transparência do processo de administração dos bens públicos”, complementa a secretária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima