Bancos investem em TI

0
5

Os bancos investiram R$ 3,5 bilhões em Tecnologia da Informação em 2002, mais do que o dobro da média nacional e a tendência é que ampliem este volume nos próximos anos. Foi o que informou Josias Mattos dos Reis, diretor da Telemar, em palestra ontem, dia 1º de outubro, no III Telecom – Fórum de Telecomunicações para o Sistema Financeiro. Segundo ele, os bancos estão ampliando o número de contas correntes. Em 2002, por exemplo, foram abertas mais 11 milhões de contas, em relação a 2001, segundo dados da Febraban. Para dar conta de gerenciar tanta informação advinda da ampliação da base de clientes, os bancos procuram soluções integradas em telecomunicações.

“A tendência para o setor financeiro é aumentar número de clientes, cortar custos, adotar novas tecnologias e partir para fusões e incorporações de outros bancos, tanto que o número de bancos vem diminuindo ano a ano ultimamente”, disse. Segundo Reis, este movimento de fusão e incorporação bancária tem exigido maior atenção às novas tecnologias de integração de redes oferecida por terceiros.

Entre as tecnologias de telecomunicações que os bancos deverão investir recursos estão as que garantem mobilidade, ou seja, o relacionamento entre banco, seus fornecedores e seus clientes por sistemas sem fio. Para Vitor Hugo Goulart, diretor de vendas da GVT, soluções customizadas, ou seja, desenvolvidas de acordo com as necessidades e com o porte de cada cliente, é a tendência do mercado de telecomunicações. A receita, disse, aplica-se a todos os clientes do sistema financeiro e não apenas aos bancos: financeiras, administradoras de cartões de crédito, etc.