Base de dados: por que tratá-la é tão importante?

0
2



Autora: Karla Ynonye

 

As empresas, ao cadastrarem um novo cliente ou contato na base de dados, em sua maioria, não têm o cuidado de normalizar os dados no momento do cadastro, o que no futuro, pode gerar problemas quando surge a necessidade de levantamento de perfis dos clientes. O fato é muito comum, pois muitas vezes os dados estão sem nenhum padrão ao serem armazenados em campos como nomes, documentos, telefones, endereços ou até a validação do CEP ao endereço informado.

 

Em muitos casos, a própria empresa não sabe analisar se os dados que possui são qualificados, justamente por este não ser o seu “core”. A organização possui quantidade, mas não qualidade e ao contratar uma companhia especializada no tratamento de banco de dados, surpresas aparecem, pois verificam que o database pode estar mais desatualizado do que imaginam, de forma inconsistente, duplicado e até mesmo defasado, surgindo a necessidade do enriquecimento dos dados cadastrados na base.

 

Vale salientar que dados íntegros agregam valor e valor alavanca negócios. Uma base consistente mantém e contribui para uma imagem positiva da organização. Empresas de telemarketing ligando para números telefônicos errados para buscar um determinado cliente, perdem bastante, e de duas formas: em sua imagem e, principalmente, em seus próprios investimentos, por não saberem onde está seu cliente, gerando custo desnecessário por ligações perdidas. Outro exemplo é a falha na mala direta, em que o envio de correspondências muitas vezes é realizado para  endereços inválidos ou que não mais pertencem ao cliente.

 

A partir de uma base tratada, é possível agregar informações dos dados com o enriquecimento. Uma base enriquecida contribui diretamente para mais resultados a partir de um bom planejamento estratégico. Imagine o caso de um diretor que, ao analisar os dados dos clientes, consegue visualizar além da porcentagem de homens e mulheres, a faixa etária, faixa de renda estimada, dados do IBGE, as principais profissões, dentre outras informações. Certamente, de posse destes números, novas ações poderão ser tomadas para o crescimento da companhia como um todo e, fundamentalmente, mais retornos sobre os investimentos realizados nas ações de marketing, que pedem cada vez mais por segmentação e personalização.

 

Comunicar-se de forma clara, objetiva e atraente sempre foi tarefa para todos. O que precisamos parar para pensar e colocar em prática é sobre como realmente acertar de forma a ganhar a tão almejada atenção de quem desejamos manter, fidelizar e ainda…conquistar.

 

Karla Ynonye é Gerente de Tecnologia da Informação da ZipCode. ([email protected])