BB, Cielo e Oi juntas em m-payment

0
0




 

O Banco do Brasil e a Cielo anunciam parceria com a Oi para operar sistema de mobile payment em grande escala em todo o País. A proposta é compartilhar as expertises dos três parceiros de forma a oferecer mobilidade aos clientes. O acordo potencializa o pagamento via celulares, pois alia a tecnologia da Oi, capacidade de crédito do Banco do Brasil e rede de pagamentos da Cielo. A parceria amplia a rede de aceitação de pagamento por meio de celular, que passará de 75 mil para 1,8 milhão de estabelecimentos.

 

A operação envolve dois negócios. O Banco do Brasil e a Oi firmam acordo para emissão de cartões de crédito co-branded e pré-pagos, no formato tradicional baseado na tecnologia mobile payment. “A combinação das experiências das duas empresas gerará um portfólio diversificado de produtos financeiros, com proposta de valor nova e atraente para os clientes”, afirma o diretor de Cartões do Banco do Brasil, Denilson Molina.

 

A atuação do Banco do Brasil no mercado brasileiro de crédito ampliará a capacidade de venda de produtos financeiros para clientes da operadora Oi. Lançará também produtos com foco em pré-pagamento para uso em sistema de débito. “A nossa proposta contempla tanto produtos mais sofisticados, que utilizam a tecnologia contactless NFC (transmissão de dados sem contato em curta distância), quanto a produtos financeiros de pré-pagamento. O nosso foco também é incorporar o programa de relacionamento com o cliente, Oi Pontos, já lançado no mercado de telecom em parceria com outros segmentos”, acrescenta João Silveira, diretor de Mercado da Oi.

 

Em outra frente, Cielo e Oi anunciam a criação de uma joint-venture, direcionada ao desenvolvimento da aceitação de mobile payment no Brasil. Além de oferecer conveniência para o cliente final e estabelecer uma aproximação com lojistas, a parceria busca expandir a aceitação de meios de pagamento eletrônico pelo qual o POS, terminal eletrônico para pagamento, não tem forte penetração.

 

“O relacionamento comercial das duas empresas, somado ao baixo custo e à robustez do celular, permitirão entrar de maneira mais efetiva em segmentos de baixo volume financeiro ou baixo tíquete”, comenta Eduardo Chedid, vice-presidente de Soluções e Negócios da Cielo. Dessa forma, uma rede recíproca de benefícios será criada. A Cielo passará a aceitar em seus POS o sistema Paggo e, por outro lado, a Paggo também passará a usar em seus celulares os cartões de bandeiras credenciadas pela Cielo, como Visa, Mastercard, Elo e muitas outras.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMobilize traz universo do m-marketing
Próximo artigoRemodelagem interna