BBV incrementa acesso à internet pelo Terra

0
2

O BBV Banco tem como meta encerrar 2002 com 40% do total das transações efetuadas por seus clientes via internet, home banking, tecnologia wap e outros. Por isso, do início do ano até setembro, 30% das operações já transitavam por meios eletrônicos. Em média, uma transação feita no caixa custa R$ 1,07, contra R$ 0,58 nos meios alternativos. Como parte desses custos é repassada aos clientes através de tarifas, quanto mais ele usar a rede, menos taxas irá pagar.

No BBV, uma série de iniciativas vêm sendo promovidas para estimular a adesão aos novos meios. “Estimulando o uso dessas tecnologias, facilitaremos a vida do cliente, que diminuirá bastante sua ida às agências, baixaremos os custos dos serviços prestados, melhoraremos nossa qualidade de atendimento e a oferta de produtos e serviços”, afirma João Barracosa, diretor de informática do BBV.

Outra ação do banco é a parceria com o Portal Terra. A instituição criou pacotes especiais que permitem, além de acesso à internet, acesso ilimitado às transações bancárias efetuadas através do BBV net. Para clientes interessados no acesso simples ao Terra, o banco oferece os três primeiros meses gratuitamente e, após este período, três opções de contratação (de R$ 13,90/mês, com 10 horas mensais de acesso, até R$ 24,90/mês, com acesso ilimitado). Quem preferir a conexão pelo Terra Plus, ganha um mês de acesso gratuito. “Além de pacotes com tarifas especiais, trabalhamos com uma plataforma de sistemas integrada, que possibilita relacionar clientes e produtos, combinando a oferta de cada produto por renda de cliente”, conclui.