Blogs invadem as empresas

0
0


Blog é uma das expressões mais usadas pelos internautas atualmente. Há dois anos o dicionário americano Merriam-Webster a elegeu como “palavra do ano”. Formado pela união das palavras inglesas Web e Log, o termo quer dizer jornal pessoal na rede. Esses diários virtuais, assim como os sites de relacionamento, estão saindo do caráter individual ou caseiro e se profissionalizando, entrando na pauta do mundo corporativo. Estudiosos dos fenômenos da Internet arriscam dizer que empresas que desconsiderarem o avanço dos blogs poderão perder status.

Para Abel Reis, VP de Tecnologia e Projetos da AgênciaClick, especializada em publicidade on-line e interatividade, esse é um novo caminho entre as empresas e os consumidores, que permite a aproximação embasada no conhecimento. Não só esses ´diários pessoais´, mas também os sites de relacionamento, são hoje encarados como ações de marketing, defende o executivo. “Os blogs são uma tremenda oportunidade às empresas, assim como as comunidades de relacionamento são uma fonte inesgotável de aprendizado”, completa. Reis acredita que estudos em cima desses recursos midiáticos podem nortear a demanda dos clientes, fornecedores e formadores de opinião.

Pesquisa realizada recentemente pela empresa Technorati, referência mundial na área de blogs, mostra que esse tipo de página está em expansão, confirmada pelo número de sites que triplicou no dois últimos anos. Em 2004, eram sete milhões. Hoje, essa estimativa passa de 24 milhões, levando em consideração que a cada dia mais de 70 mil páginas entram no ar. Calcula-se que é criado um blog por segundo. Segundo a pesquisa, 30% da população on-line dos EUA visitam blogs. Já no Brasil, este número passa para a média de 60 mil pessoas na rede. Em relação à atualização de informação, cerca de 29.100 blogs são ´alimentados´ por hora, revela o estudo. Os números mostram que a utilização de blogs e sites de relacionamento na Internet pode ajudar as empresas a compreender e melhorar a imagem on-line, além de ser uma alternativa de ferramenta de marketing.

Comunicação com todos os públicos – Corporações de grande porte estão aderindo ao sistema. Essas páginas da web podem ser trabalhadas interna ou externamente. No primeiro caso está vinculado a intranet da empresa. Um exemplo é a IBM que, com 330 mil colaboradores, possui mais de 3,1 mil blogs internos. A IBM developerWorks é uma comunidade voltada para desenvolvedores, que retém mais de 20 blogs voltados a uma diversidade de assuntos para seu público alvo, incluindo tecnologias emergentes, softwares abertos, padrões de indústria, entre outros. James Finn, vice-presidente de comunicação da IBM, disse em entrevista a uma revista de segmento corporativo que vê a versão ´blog business´ no futuro sendo tão importante quanto o e-mail hoje.

Gerentes e diretores da GM, no entanto, compartilham com o público as idéias e impressões no blog Fastlane. É uma estratégia para criar um laço de fidelização e fortalecer a marca, defendem os executivos. Já o Automobear.com, blog da GM voltado para jornalistas, possui conteúdo formado por análises e informações dos produtos. Além destes, há outros como Sun Microsystem, Danneman Siemsen e Ford, que também aderiram ao sistema de comunicação.

Por ser um canal que atinge diversas áreas e públicos pode beneficiar o cenário publicitário. Direcionando a mensagem certa para cada grupo de ´blogueiro´, pode ser o chamado ´na mosca´ para cada segmento de produtos e serviços. Abel Reis, da AgênciaClick, reforça que não há nada pior do que negar esse sistema. O executivo sugere elaborar uma forma de premiação para estimular o público interno a se ´blogar´, já que o mundo corporativo faz parte dessa grande bolha. “Os blogs vieram para ficar e esse caminho não tem volta” completa.