Brasil gasta US$ 2 bi em lojas estrangeiras

0
0
Mais de dois bilhões de dólares, essa foi a quantia que 14,9 milhões de brasileiros desembolsaram em 2015 em compras em sites internacionais. Mesmo com todos os problemas com a alta da moeda estrangeira. Essa cifra é 18% maior do que a contabilizada em 2014. E não foi só isso que cresceu, mas o de compradores também. Segundo dados do 33º Webshoppers, 11 milhões de consumidores únicos efetuaram compras online em sites estrangeiros em 2014 – 36% a menos que em 2015. Cartões de crédito internacionais e PayPal foram a opção de pagamento de 89% dos consumidores crossborder.
“O faturamento das transações crossborder teve muito mais a ver com o aumento do número de compradores do que com o valor do tíquete médio”, explica Ludovino Lopes, presidente da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, camara-e.net. “Pensando no valor do dólar, o brasileiro comprou produtos de menor valor, mas mais vezes – em média 3,8 aquisições por pessoa”. Tanto que o valor do tíquete médio das compras internacionais de 2014 para 2015 apresentou queda de 26,7% (de US$ 48,36 para US$ 35,46).
Os sites chineses continuam sendo os preferidos dos brasileiros. Eletrônicos, Moda & Acessórios, Informática, Telefonia & Celulares e Livros lideram o ranking das categorias preferidas pelos consumidores nacionais. No entanto, Moda & Acessórios foi a que apresentou a maior queda de 2014 para 2015: -3,7%. Já Livros teve alta de 7,7% de um ano para outro.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMerial investe em CRM
Próximo artigoFérias, vilã da produtividade?