Brasil Telecom lança Solução Card

0
5


A partir de hoje (06/07), a Brasil Telecom coloca no mercado a Solução Card, desenvolvida com o objetivo de reduzir custos e dar mais rapidez e flexibilidade a todos os tipos de transações ou consultas financeiras on-line. Aplica-se não somente a estabelecimentos comerciais e cartões de débito e crédito, mas também a qualquer tipo de operação que exija validação on-line, como é o caso dos cartões de planos de saúde e de consultas de crédito, como, por exemplo, leitura óptica do código de barras em cheques.

O processo é todo realizado por meio de uma rede privativa de acesso (VPN), que garante segurança e proporciona economia de até 50% em relação à solução tradicional. Além disso, oferece maior flexibilidade no que diz respeito aos dispositivos de acesso, que podem ser tanto as máquinas hoje utilizadas, quanto novos equipamentos baseados em comunicação celular ou banda larga.

“Com esse serviço, a Brasil Telecom leva aos mais diversos tipos de estabelecimentos comerciais, sejam eles pequenos, médios ou grandes, todas as vantagens que uma tecnologia de rede VPN pode oferecer”, assegura Maurício Ribeiro Porto, gerente de produtos da Brasil Telecom. “Por não operar via Internet e sim por meio de uma rede privativa, a Solução Card é extremamente segura. E é um serviço de conexão que permite ao cliente trabalhar com várias máquinas ao mesmo tempo ou concentrar o atendimento em apenas um terminal. Seja qual for a opção, o resultado da operação é rápido e seguro”, completa.

Maurício explica que a Solução Card pode ser utilizada por estabelecimentos comerciais de qualquer porte, por profissionais da área de saúde (como laboratórios e consultórios médicos), por hotéis e por qualquer profissional ou tipo de estabelecimento que necessite validar operações por meio eletrônico. “Por ser uma empresa na vanguarda da oferta de serviços convergentes, a Brasil Telecom lança a Solução Card, permitindo que as transações possam ser feitas a partir de qualquer tipo de acesso, seja ele fixo ou móvel, dedicado ou não, trazendo o máximo de flexibilidade e economia ao nosso cliente”, diz Maurício Porto.