Brasil Telecom registra seu maior lucro

0
6


A Brasil Telecom Participações anuncia lucro recorde de R$ 470,4 milhões em 2006 e reversão do prejuízo de R$ 29,6 milhões em 2005. A empresa de telecomunicações bateu todas as metas estabelecidas: fechou o ano com EBITDA de R$ 3,5 bilhões (contra R$ 2,7 bilhões em 2005) e margem EBITDA consolidada (margem operacional antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de 33,9%, contra 26,7% em 2005, de acordo com os resultados preliminares divulgados na terça-feira (30/01) para o mercado, após o fechamento dos negócios na Bovespa.

Os números mostram-se positivos principalmente em função do aumento da receita nos segmentos de comunicação de dados e telefonia móvel, além da redução de custos e despesas operacionais. Dirigida por Ricardo Knoepfelmacher a partir de setembro de 2005, a Brasil Telecom atingiu, no ano passado, a receita líquida consolidada de R$ 10,3 bilhões, 1,6% acima do ano anterior.

A empresa encerrou 2006 com 12,1% de participação no mercado móvel na Região II (3,4 pontos percentuais acima da registrada em 2005), ao ultrapassar 3,3 milhões de acessos e registrar crescimento de 52,6% em comparação com o mesmo período de 2005. Ainda no segmento de telefonia celular, que completou dois anos em setembro, observou-se crescimento de 43,4% no número de clientes pós-pagos em relação a 2005. A receita bruta (não consolidada) de telefonia móvel atingiu R$ 1,8 bilhão em 2006 – valor 80,8% superior ao R$ 1,0 bilhão registrado em 2005. Contribuíram para esse desempenho o aumento da carteira de clientes e o efeito sobre a receita da nova regulamentação da Anatel (full bill).

Crescimento em todas áreas – Os serviços de banda larga também registraram desempenho positivo para a companhia em 2006. A Brasil Telecom adicionou 65,3 mil acessos ao final do quarto trimestre de 2006, ultrapassando 1,3 milhão de acessos, um aumento de 30% sobre o último trimestre de 2005. Os acessos ADSL representavam 15,7% de penetração na planta em serviço da Brasil Telecom em 2006, contra 10,6% em dezembro 2005. A operadora, igualmente, registrou crescimento em serviços de transmissão de dados para o mercado corporativo.

O Internet Group, unidade que reúne os serviços de Internet da Brasil Telecom, terminou 2006 com 1,1 milhão de clientes de banda larga em todo o Brasil, o que significa aumento de 46% quando comparado ao ano anterior. A audiência foi outro destaque do iG no período: com 8 milhões de visitantes únicos domiciliares em dezembro de 2006, apresentou um crescimento de 19,2% em relação a dezembro de 2005. A receita bruta de comunicação de dados e outros serviços atingiram, no ano, R$ 2,3 bilhões, um aumento de 23% em relação a 2005. Já a receita bruta de ADSL, em 2006, totalizou R$ 1 bilhão, representando 43,3% do total das receitas de comunicação de dados no período.

Em 2006, a Brasil Telecom Participações fechou o ano com caixa e equivalentes no montante de R$ 4 bilhões, um aumento de 52% em comparação ao ano anterior. Os investimentos da Brasil Telecom em 2006 totalizaram R$ 1,4 bilhão, contra R$ 1,9 bilhão realizados em 2005. A relação entre o CAPEX e a receita líquida foi de 14,1% em 2006 – uma melhoria de 5,4 pontos percentuais, se comparada a 2005 – a melhor dos últimos sete anos. Os investimentos atenderam a todos os compromissos programados e resultaram de renegociação de preços e revisão de projetos.