C&A abre loja na Rua Augusta

0
3
A C&A inaugurou uma loja na Rua Augusta, em São Paulo. Diferentemente dos seus outros pontos de venda, essa unidade traz elementos mais modernos. O foco está no público jovem, que é bastante presente na região. “Nós estamos sempre em contato com os nossos clientes e em constante processo de inovação, para sempre proporcionar a melhor experiência de compra. Para a Rua Augusta, onde há grande circulação de público jovem e descolado, trouxemos para a loja elementos urbanos e modernos, como o grafite da artista Nina Moraes, em paredes internas e na porta, e uma área verde no telhado aberta para visitação”, comenta o vice-presidente de operações e marketing, Elio Silva. 
Em contraste com esses aspectos, a empresa manteve características da arquitetura original do prédio, como as colunas internas, espelhos das escadas rolantes e os acessos aos pisos superiores. A loja foi projetada com base em uma proposta de estilo e arquitetura exclusivos, em linha com o compromisso da marca de levar aos clientes o que há de mais sofisticado em design e atendimento no varejo de moda. As coleções femininas e masculinas ficam dispostas nos três pavimentos da unidade conforme a personalidade do consumidor, em ambientes diferenciados, chamados de “mundos”. Cada “mundo” sugere uma tendência, além de esporte, lingerie e banho.
O projeto agrega importantes medidas para reduzir o impacto ambiental de sua operação. Unindo com o objetivo da companhia de ser mais eficiente do ponto de vista da sustentabilidade. Entre as inovações, está o uso de arejadores nas torneiras e caixa acoplada com duplo fluxo nos vasos sanitários. A loja também tem um sistema que regula o horário de funcionamento do ar-condicionado e sensores de presença nos estoques. A unidade ainda possui coletores para o descarte de celulares, pilhas e baterias.
Com essa inauguração, a rede soma 41 novas unidades nos últimos 18 meses. “As novas lojas são parte importante do compromisso da C&A de promover o acesso a produtos com muita informação de moda, qualidade e preços justos”, completa Silva.