Cada segundo é precioso

0
14

As tecnologias ajudaram em muita coisa o dia a dia de empresas e pessoas, a facilidade e agilidade estão entre os principais benefícios que uma vida conectada e móvel pode trazer. Por outro lado, novos desafios também surgiram, como a cobrança cada vez mais presente entre os clientes de que as marcas devem ser tão rápidas quanto eles na presença online. Assim, cresce a preocupação das marcas com o micro-moment, ou aqueles instantes de contato com o público. Ou seja, cada segundo vale ouro. Mas, por mais importante que esse conceito seja nos dias de hoje, Edmardo Galli, CEO Latam da IgnitionOne, comenta que poucos são os negócios realmente trabalhando nesse sentido. “Faltam dados sobre o uso de estratégias de ´micro-moment´, uma vez que elas ainda são pouco utilizadas, assim como a tecnologia de remarketing, de um modo geral”, aponta. Em entrevista exclusiva à ClienteSA, o executivo analisa a importância desse planejamento.

ClienteSA: Como a evolução do mobile no dia a dia das pessoas trouxe o mercado para essa realidade do imediatismo?
Galli: Segundo o relatório 2013 Internet Trends Report, da consultoria KleinerPerkinsCaufield&Byers, consultamos nosso celular 150 vezes por dia. Ou seja, temos diversos desses “micro-moments” diariamente. Para as marcas, é difícil acompanhar essa imensidão de possibilidades de interação, mas o avanço tecnológico nos permite detectar esses momentos e explorá-los de forma que empresas e consumidores se beneficiem.

Como podemos definir essa nova tendência, o micro-moment?
Os “micro-moments” são a tomada de ação em nossos dispositivos móveis, geralmente smartphones. Pode ser a busca de uma informação ou a realização de uma compra, por exemplo. Nosso smartphone nos torna quase onipresente. Podemos estar em qualquer lugar do mundo, a qualquer momento. Quer falar com seu amigo que se mudou para a Nova Zelândia? Ligue para ele no Skype. Ou que tal encomendar uma nova câmera digital diretamente da China? É só acessar o AliExpress. Essa é a principal premissa dos micromomentos. E isso é intensificado por meio do uso de aplicativos ou sites que cada vez mais se encontram em modelo responsivo.

De quê maneira essa situação marcada por “instantes” impacta o relacionamento entre empresas e clientes?
Os “micro-moments” são uma grande oportunidade para anunciantes, sendo fundamentais para estabelecer relacionamentos relevantes entre marcas e consumidores. Esses momentos acabam por determinar a jornada de compra e revolucionam por completo a própria jornada do consumidor. Temos que lembrar de que 82% dos usuários de smartphones consultam seus celulares quando estão prestes a realizar uma compra na loja física, de acordo com dados do Think Google, página sobre pesquisas e tendências de marketing digital do serviço de buscas do mesmo nome. Ou seja, é um micromomento precioso, mas ainda pouco explorado pelas marcas.

Quais são as principais ferramentas para esse trabalho?
Os “micro-moments” nada mais são do que dados! E nesse contexto, a tecnologia de marketing DMP pode simplificar muito o trabalho do profissional de marketing. DMP significa “Data Management Plataform” ou “Plataforma de Gerenciamento de Dados”. É a chave mestra para explorar todas as possibilidades dos micromomentos. Por meio dele, conseguimos estudar hábitos e comportamentos de engajamento com uma marca e traçar uma estratégia em tempo real, tomando ações quando elas são mais necessárias. Por exemplo, seu consumidor pode estar em uma loja concorrente, mas procurar o seu preço, enquanto isso. É possível então impactar esse indivíduo com uma comunicação sua, oferecendo um desconto. Como sabemos onde ele está? Pelos dados de geolocalização desse consumidor. E com seu histórico de interesse e navegação, sabemos qual produto ele procura.

Como uma marca é capaz de conseguir convencer o público em segundos de que ela deve ser a escolhida, não apenas para o consumo?
O tempo médio de atenção de uma pessoa é de oito segundos. No mundo atual, os segundos são preciosos e as trocas de informações são cada vez mais instantâneas. Ou seja, qualquer momento é importante, especialmente os micromomentos. Com todos os dados dos seus consumidores a um clique de distância, uma DMP facilita uma comunicação ágil com os consumidores.

Quais são os principais pontos que as empresas precisam estabelecer para ter bons relacionamentos no atual momento?
Há muita confusão sobre o conceito de remarketing. Alguns pensam que se trata apenas de mais anúncios disparados a esmo. Assim, as empresas devem investir em boas tecnologias e estratégias de remarketing, para criar jornadas do consumidor envolventes e com bons resultados para cliente e marca. Nesse sentido, o DMP é uma ferramenta imprescindível. Faltam dados sobre o uso de estratégias de “micro-moment”, uma vez que elas ainda são pouco utilizadas, assim como a tecnologia de remarketing, de um modo geral. De acordo com um recente estudo da Forrester, 69% dos profissionais de marketing não capturam dados dos consumidores em todos os pontos de contato relevantes.