O canal para quem respira cliente.

Cai volume de cheques devolvidos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Pesquisas da Equifax, empresa de informação e inteligência para decisão e gestão empresarial, apontam que no mês de agosto foram devolvidos 1.989.886 cheques. Este índice aponta uma redução de 14,04% se comparado ao mês de julho de 2009 e aumento de 0,02% se comparado ao mesmo período do ano anterior. Na comparação por dias úteis, os resultados de agosto de 2009 (21 dias úteis) foram 5,85% inferiores aos do mês de julho (23 dias úteis).

 

Os números confirmam a tendência de queda registrada nos últimos meses, relacionada à recuperação da atividade econômica, após o período agudo da crise financeira internacional. Variáveis como a melhoria no nível de renda das famílias, redução da inflação, queda das taxas de juros praticadas nas operações de crédito, extensão do volume de crédito e prazos de financiamento, possibilitam aos consumidores uma maior disponibilidade para regularização de pendências financeiras.

 

Quanto ao volume de títulos protestados, os dados mostram que em agosto houve redução de 13,93% em relação a julho e aumento de 8,99% em relação a agosto de 2008. Em agosto foram registrados 725.246 protestos, contra 842.596 registrados em julho e 665.453 em agosto do ano passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cai volume de cheques devolvidos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Dados nacionais da Equifax, fornecedora de informação e inteligência para decisão e gestão empresarial, apontam que no mês de novembro foi registrado um volume de 2.280.749 cheques devolvidos, o que representa uma queda de 4,52% em relação a outubro de 2008. O índice foi 4,24% menor quando comparado a novembro de 2007.

 

Segundo Alcides Leite, coordenador do Centro do Conhecimento Equifax, a redução do volume de cheques devolvidos em novembro deve-se principalmente ao menor número de dias úteis no mês, ou seja, 20 em novembro contra 23 em outubro. “Se considerarmos a média por dia útil, os resultados de novembro foram 9,81% superiores aos de outubro. A média por dia útil indica que durante no mês de novembro acentuaram-se os efeitos da crise financeira internacional no mercado interno”, explica.

 

O especialista destaca que a redução da liquidez, a elevação dos juros cobrados e a redução da renda disponível ao consumo foram os principais responsáveis pelos resultados da inadimplência de novembro. Porém, o pagamento da primeira parcela do 13º salário e os primeiros sinais de superação da restrição de crédito devem arrefecer o movimento de deterioração da inadimplência durante o mês de dezembro. “Para o início de 2009, é possível que ocorra uma pequena expansão do volume de cheques devolvidos. No entanto, ainda não há indícios de que ocorrerá uma deterioração na capacidade de pagamento dos agentes econômicos”, destaca o especialista.

 

Quanto ao volume de títulos protestados, dados da Equifax mostram que em novembro houve um aumento de 16,5%, em relação a outubro e de 17,07% em relação a novembro de 2007. Em novembro foram registrados 773.818 protestos, contra 664.246 registrados em outubro e 661.014 em outubro do ano passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cai volume de cheques devolvidos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Dados nacionais da Equifax, fornecedorade informação e inteligência para decisão e gestão empresarial, indicam que o mês de agosto registrou um volume de 1.989.575 cheques devolvidos. O índice evidencia uma redução de 15,67% em relação a julho de 2008. Porém, o volume de cheques devolvidos foi 18,71% menor quando comparado a agosto de 2007.

 

Segundo Alcides Leite, coordenador do Centro do Conhecimento Equifax, a queda do volume de cheques devolvidos em agosto, em comparação com o mês anterior, foi resultado do menor número de dias úteis e do crescimento da modalidade do pagamento eletrônico. “A queda da inflação no varejo, também pode ter contribuído. No entanto, para verificarmos a real dimensão da influência da redução da inflação sobre o volume de cheques devolvidos, é necessário analisarmos o resultado dos próximos meses”, destaca. Alcides destaca que regularmente as vendas do comércio melhoram no segundo semestre com o adiantamento dos recursos do 13º salário.

 

Quanto ao volume de títulos protestados, dados da Equifax mostram que em agosto houve uma redução de 11,39%, em relação a julho, e uma redução de 7,83%, em relação a agosto de 2007. Em agosto foram registrados 665.453 protestos contra 750.973 registrados em julho e 721.954 em agosto do ano passado. A queda no volume de títulos protestados, registrado em agosto, continua contribuindo para a reversão da tendência de crescimento deste indicador ao longo de 2008.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cai volume de cheques devolvidos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Dados nacionais da Equifax, empresa fornecedora de soluções para gestão de negócios, indicam que no mês de fevereiro foi registrado um volume de 2.225.737 cheques devolvidos, índice 8,79% inferior em relação a janeiro de 2008. Quando comparado ao mesmo período de 2007, o volume de cheques apresentou uma queda 10,50%.


“A diminuição do volume de cheques sem fundos em fevereiro deve-se pelo menor número de dias úteis e o início da recuperação da capacidade de pagamento das famílias que tiveram um grande volume de despesas concentradas no mês de janeiro”, destaca Alcides Leite, coordenador do Centro de Conhecimento Equifax.


Na comparação com o mesmo período de 2007, o especialista ressalta que a queda ocorreu em virtude da melhoria dos salários e a queda do índice de desemprego, dois indicadores do crescimento econômico registrado no período. Segundo Leite, outro fator que contribuiu para a baixa dos cheques sem fundo foi migração para o pagamento eletrônico, uma tendência crescente entre os consumidores nos últimos anos.


Quanto ao volume de títulos protestados, dados da Equifax apontam que em fevereiro de 2008 houve um crescimento de 22,43% em relação a janeiro, e de 48,62% quando comparado a fevereiro de 2007. Em fevereiro de 2008 registrou-se 957.237 protestos contra 781.850 em janeiro deste ano, e 644.082 em fevereiro do ano passado. O elevado crescimento do volume de títulos protestados é conseqüência de problemas com fluxo de caixa e a expansão do volume de endividamento das empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cai volume de cheques devolvidos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Dados nacionais da Equifax, empresa fornecedora de soluções para gestão de negócios, indicam que no mês de novembro foi registrado um volume de 2.381.751 cheques devolvidos, uma redução de 0,47% em relação a outubro de 2007. O índice foi 17,91% menor, se comparado a novembro de 2006, e atingiu o menor patamar dos últimos quatro anos.


“A redução do número de cheques sem fundos deve-se tanto a fatores estruturais como conjunturais. Pelo fator estrutural da economia, vê-se que o país vem apresentando crescimento da massa salarial, fruto da queda do desemprego e do aumento real dos salários. A queda das taxas de juros, ocorrida ao longo do ano, e a extensão do prazo de financiamento no varejo também contribuíram para a redução da inadimplência” destaca Alcides Leite, coordenador do Centro de Conhecimento Equifax.


Segundo o especialista, os principais fatores que permitiram famílias e empresas eliminarem as pendências financeiras foram as contratações de novos empregados no comércio, típicas do período de final de ano, o aquecimento do setor industrial e as antecipações do pagamento do 13º salário.


Quanto ao volume de títulos protestados, a Equifax mostra que em novembro de 2007 houve um recuo de 5,56% em relação a outubro e uma queda de 9,17% em relação a novembro de 2006. Em novembro foram registrados 661.014 protestos contra 699.961 registrados em outubro, e 727.788 em novembro de 2006.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cai volume de cheques devolvidos

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Dados nacionais da Equifax, empresa fornecedora de soluções para gestão de negócios, indicam que no mês de junho foi registrado um volume de 2.443.746 cheques devolvidos. Uma queda de 21,8% em relação a maio de 2007. Comparado a junho de 2006, esse montante foi 22,11% menor. “Essa forte queda do número de cheques devolvidos é conseqüência da melhoria na condição de pagamento da população, fruto da baixa inflação, do crescimento da renda familiar e da queda da taxa de juros dos financiamentos”, diz Alcides Leite, coordenador do Centro de Conhecimento Equifax.


Quanto ao volume de títulos protestados, os dados nacionais da Equifax mostram que em junho houve queda de 12,40% em relação a maio e de 15,02% sobre o mesmo período do ano anterior. Em junho foram registrados 662.629 protestos contra 756.403 registrados em maio e 779.713 em junho de 2006.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima