Campanha eleitoral injeta R$ 100 mi na Internet

0
1


O período de campanha eleitoral injetou cerca R$ 100 milhões na web. A liberação da extensão “.can” e a descoberta dos “santinhos eletrônicos” e e-mail marketing como alternativa barata na busca de votos, estão entre os motivos levantados pela Plug In, empresa de hospedagens de sites, que desde o início da campanha registrou aumento de 20% no faturamento.

Além disso, a companhia detectou aumento nas vendas dos sites de comércio eletrônico hospedados em seus data centers durante o horário eleitoral, justamente porque os cidadãos preferem ir ás compras ao invés de assistir a propaganda política na TV. Com isso, é esperado para a fase de preparo do segundo turno, novos investimentos em campanhas e acompanhamento de pesquisas pela Internet. “Ou seja, de qualquer jeito, quem ganha a eleição é a Internet”, brinca Vinicius Pessin, diretor-executivo da Plug In.