Cardápios podem fomentar vendas

0
1

Os cardápios dos restaurantes são peças que podem conquistar os clientes pelos olhos. A criação de um cardápio, mais do que apresentar o menu de forma organizada ou atrativa, tem outras preocupações: ter um suporte que tenha durabilidade ou resistência ao contato com alimento ou bebidas, e também ser uma peça que ressalte a identidade da casa. 
Para Mariana Hardy, sócia diretora da Hardy Design, os cardápios são criados quando é feito o trabalho de identidade do restaurante, e afirma que o conceito gráfico está ligado ao conceito da casa. “Em restaurantes que atendem o público AA, o menu deve repassar conceitos aos clientes. Tons pastéis e nada de imagens ou fotos”, explica. 
A rede americana Applebee´s reformulou os cardápios, e um deles apresenta bebidas e as sobremesas. Com isso, o cliente assim que chega já escolhe o que vai beber e já planeja pedir um doce para fechar a refeição. “Sem dúvidas os produtos que mais vendem são os que possuem fotos no meu. Antes de comerem, o consumidor saboreia as delícias com os olhos. No entanto, tomamos cuidado para não exagerar demais nas imagens, para que o cardápio não fique poluído”, afirma Wagner Tofanello, diretor da agência de marketing Tofanello. 
Para o sócio do Celtic Irish Pub, Humberto Machado, um dos itens prioritário do cardápio é a identificação imediata com o local. No caso do pub irlandês, a parte externa do cardápio tem um trevo de quatro folhas e uma cartola de duendes, símbolos da Irlanda, e na parte interna a bandeira do país está estampada. “O Celtic é um pub tipicamente irlandês, desde a decoração até os pratos e bebidas, passando pelas músicas. Dessa forma, o cardápio tinha que ser algo bastante característico”, ressalta Humberto.