Cargill Fertilizantes adota ERP da SAP

0
78

A Cargill Fertilizantes inicia o projeto de implementação do R/3, solução de ERP da SAP, para consolidar suas operações e agilizar a tomada de decisões. O sistema passou a fazer parte da Cargill em julho de 1999 com a aquisição da empresa Solorrico, que implementou a solução para minimizar o impacto do bug do milênio. Em 2000, com as aquisições da Fertiza e da Fospar pela Cargill Agrícola, a Unidade de Fertilizantes operava no Brasil com quatro sistemas diferentes de gestão.

Com início em dezembro de 2001, o projeto de implementação do R/3 na Cargill Fertilizantes foi composto de quatro fases: Roll Out – esta fase durou sete meses e teve como objetivo a integração de todos os dados em uma única solução de TI, para um melhor gerenciamento das informações; Upgrade – migração maciça de toda a base tecnológica do R/3 4.0b para a versão 4.6c. Essa fase durou três meses; Modelo ideal – implementação das melhorias com 150 itens para suportar as mudanças e novas necessidades dos processos de negócios, sendo que 80% dessas melhorias são ferramentas de planejamento e controle. Essa fase consumiu quatro meses de trabalho; e Archiving – última fase do projeto, com o objetivo de arquivar dados históricos incluídos no sistema desde a sua primeira implantação.

Para implementar a solução, a Cargill contou com o trabalho da equipe da consultoria W3, do grupo português Tecnidata. A W3 assegurou a compatibilização absoluta da ferramenta com as necessidades de negócio da organização desde a concepção do projeto. No total, 70 profissionais (Business, IT e Consultoria W3) estiveram envolvidos diretamente no projeto. O cronograma do projeto continha 6000 atividades; foram testados 2500 objetos (programas, telas, interfaces e relatórios) e 1000 tiveram de ser adaptados. O processo contabilizou cinco ciclos de testes integrados, 300 perfis de autorização de acesso alterados e seis locais de treinamento (São Paulo, Cubatão, Paranaguá, Uberaba, Alto Araguaia, Candeias e São José do Rio Preto) e 2000 horas de capacitação da equipe.