Carrinhos online sofrem menos abandonos

0
2
Durante o 1º trimestre de 2015, o e-commerce brasileiro apresentou uma queda de 5% no número de carrinhos abandonados. Levando em comparação com o 1º trimestre de 2014, segundo relatório divulgado pela Ve Interactive. Neste ano, a média de abandono atingiu 83,73%, contra 87,98% de 2014. Mesmo com a redução, ainda é perceptível a característica do consumidor brasileiro em desistir da compra, mesmo após ter selecionado os produtos que deseja comprar. Essa propensão se dá, principalmente, pela necessidade do usuário em verificar descontos e valor do frete somente após a seleção dos produtos para finalizar a compra.
Entre os setores, o mais afetado por esse abandono acontece na área de Casa e Decoração, que tem um abandono de 92%. Seguido por Eletrônicos e Tecnologia, com 86%. O automotivo fica com o menor abandono nos setores estudados, com 72%. Comparando com o estudo do ano passado nos Estados Unidos, todos os setores mencionados apresentaram um abandono abaixo do índice brasileiro. Casa e Decoração foi o que obteve maior discrepância. Nos EUA, abandono foi de 72%.
Em contrapartida, o relatório apresenta um crescimento na taxa de Cliques para Conversão de e-mails de relacionamento. O índice brasileiro apresentou uma taxa de 14% no 1º trimestre de 2014 contra 36% no mesmo período de 2015. Para a análise, foram compilados os resultados de 1,9 milhões de e-mails e o comportamento de 4,8 milhões de usuários nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2015.