Cast promove acessibilidade de sites governamentais

0
9


Os portadores de deficiências físicas, auditivas e visuais começam a ganhar mais acesso às informações dos websites, principalmente dos governamentais. Isso porque órgãos do Governo, com base na Lei 5.296-04 de dezembro de 2004, têm até o final do ano para adequarem seus portais à realidade desse público. De olho nesse mercado, a Cast, empresa que provê soluções em tecnologia da informação, oferece ferramentas que garantem a acessibilidade a esses websites, por meio do desenvolvimento de softwares especiais.

Entre as diversas iniciativas projetadas pela Cast está o uso adequado e coordenado da tecnologia, por meio de conteúdos gráficos e sonoros alternativos, capazes de garantir o controle da navegação pelo usuário. A empresa usa softwares que avaliam o nível de acessibilidade nesses sites, produzindo relatórios precisos com os problemas encontrados e que devem ser corrigidos para que eles se tornem acessíveis. Até o momento, a Cast já adequou 75 mil páginas web.

Para atender a demanda de adaptação desses sites às recomendações de acessibilidade do Departamento de Governo Eletrônico, o processo é dividido em cinco etapas: necessidade de adaptação da página; acessibilização do conteúdo; utilização de programas validadores; validação humana por meio de navegação e validação humana com programas leitores de tela. Esta última fase é realizada por mais de 20 portadores de necessidades especiais funcionários da Cast.

“Para a Cast é de extrema importância auxiliar o Governo Federal em sua busca por promover a inclusão social. Neste caso, realizada por meio da inclusão digital, que gera igualdade de oportunidades na sociedade da informação”, afirma José Calazans, presidente da Cast.