CBMM otimiza processos de cotação pela web

0
2

Quando adotou a prática do comércio, em outubro de 2000, a CBMM – Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (Araxá) tinha como objetivo melhorar o processo de compras, reduzir custos de compra e buscar novos fornecedores. Após sete meses da implantação a CBMM melhorou o prazo de entrega e, hoje, realiza 100% das cotações via web, conseguindo economia em algumas classes de produtos. Também adicionou 800 novos fornecedores aos 2.400 até então consultados pela companhia.

Através do Mercado Eletrônico (www.me.com.br) a empresa realiza cotações e pedidos de rolamentos, materiais elétricos, mecânicos, equipamentos, insumos, entre outros, totalizando uma compra mensal de 2.500 itens. Entre os benefícios gerados pela adoção do comércio eletrônico está a economia obtida com as cotações e o arquivo virtual permanente, no qual todas as transações realizadas desde o início do projeto são arquivadas, ajudando na organização interna dos compradores da empresa, três no total.

O próximo passo envolve a adoção da prática de leilão reverso, prevista para o início do ano que vem. “Acreditamos que toda empresa pode trabalhar com este sistema de compra pela internet. No nosso caso, a integração foi fácil e rápida, e os resultados compensaram os investimentos”, avalia Arlindo Morais, gerente de Suprimentos da Empresa.