Chance a todos

0
2



O instituto Embratel no Brasil objetiva promover o desenvolvimento e a capacitação de novos profissionais com deficiência para atuação na empresa e no mercado de trabalho. Para este ano, a novidade é a inserção de um novo módulo no Programa Gente Capaz, o que potencializa o projeto ao trazer as diretrizes de desenvolvimento humano do programa mexicano ASUME [program criado em 1980 por uma associação civil mexicana, voltada ao desenvolvimento humano. Foi implantado pelo  Instituto Embratel em 2010]. Cada turma, que conta com 15 participantes, todos pessoas com deficiência, motora, visual ou aditiva, assistirão, por 26 semanas, sessões ministradas pelos próprios colaboradores da empresa, chamados de facilitadores.


“Esperamos com essa iniciativa valorizar e desenvolver novos talentos, atuando ativamente junto a esses profissionais”, é o que afirma o diretor do Instituto Embratel, Luiz Bressan Filho. Os participantes estão em fase de capacitação prática para atuarem em diversas áreas da empresa, como Jurídica, TI e Recursos Humanos. Uma vez efetivados na Embratel terão a carteira profissional assinada.  As primeiras turmas irão atuar no Rio de Janeiro.