Cimcorp aposta em segurança

0
10

Com as recentes discussões em torno do Basiléia II e Sarbanes Oxley, corporações das mais diversas áreas de atividades se viram obrigadas a revisar suas políticas de gerenciamento de riscos para garantir a segurança de suas operações e se precaver contra possíveis desastres. Diante desse cenário, a Cimcorp, integradora e provedora de soluções de TI e outsourcing, já consagrada na oferta de soluções de backup site e disaster recovery, mais uma vez aposta nesse mercado, oferecendo diferentes pacotes de serviços.

A Cimcorp disponibiliza três modelos de soluções de backup site & disaster recovery – Hot, Warm e Cold – utilizados conforme a criticidade do ambiente de TI do cliente, assegurando a disponibilidade dos serviços e sistemas dentro de uma relação custo/benefício adequada a cada empresa. Os três modelos são:

Hot – mantém o sincronismo das bases de dados através de ambiente computacional equipado com hardware e software, atualizado em tempo real, para garantir a continuidade da operação do ambiente de TI em casos de desastre. Ideal para as companhias e setores de missão crítica, como bancos e corretoras, entre outras;


Warn – mantém o sincronismo periódico das bases de dados, através de ambiente computacional adequado, oferecendo todo o hardware e software necessários para o restabelecimento da operação. Este modelo é utilizado por companhias e setores que não operam em regime de missão crítica, mas que necessitam do restabelecimento de suas operações em um tempo relativamente curto;

Cold – fornecimento de toda a infra-estrutura de hardware e software necessária para a recuperação, porém sem a instalação prévia das aplicações que ocorrerá quando acontecerem os desastres. Esta mobilidade é utilizada por empresas ou setores que buscam uma solução de contingência de baixo custo em que o tempo de restabelecimento das operações seja mais flexível.

“O importante na adoção desses pacotes tecnológicos é que eles utilizam a infra-estrutura na medida certa, uma vez que são focados nas características de cada aplicativo da corporação, diminuindo gastos e otimizando os investimentos. Para isso, antes de selecionar o melhor modelo, a Cimcorp realiza um trabalho de consultoria com o objetivo de avaliar qual dos modelos é o mais adequado para as necessidades de cada empresa”, afirma João Stankevicius, vice-presidente de serviços da Cimcorp, completando que “as empresas não precisam estar apenas precavidas contra incidentes decorrentes de desastres. Os prejuízos causados por interrupções nas operações da área de TI, mesmo que eventuais, em qualquer banco, indústria ou órgão governamental, por exemplo, podem ser incalculáveis”.

Além de infra-estrutura tecnológica, a Cimcorp disponibiliza para o mercado postos de trabalho como complemento aos modelos já descritos, sempre tendo como foco as reais necessidades dos clientes. Os serviços são baseados em metodologias aderentes às melhores práticas de mercado, além de contar com equipe de especialistas em sistemas operacionais, segurança, armazenamento de dados e comunicações. “Acreditamos que não adianta oferecer soluções sem o suporte de profissionais certificados que auxiliem no caso de um desastre, e por isso estamos sempre investindo na capacitação tecnológica de nossa equipe”, finaliza o vice-presidente.