Comércio móvel: Accenture revela estudo

0
1



Estudo global realizado pela Accenture,  empresa de consultoria, tecnologia e outsourcing mostra que quase metade (45%) dos usuários de dispositivos móveis aceitaria a possibilidade de pagar contas e serviços usando o telefone celular, mesmo com 73% expressando grande preocupação com privacidade e roubo de informações pessoais.  Para obter dados sobre práticas e atitudes dos consumidores em relação ao comércio móvel, a Accenture entrevistou 1.100 pessoas, conhecidas como usuários “tech-foward” – pioneiros na adoção de equipamentos digitais que se conectam a Internet – de 11 países, incluindo Brasil, que usam, pelo menos, quatro dispositivos conectados à rede e, no mínimo, quatro serviços de pagamento pela internet.


Os consumidores da Ásia foram os mais entusiastas em relação ao comércio móvel. No geral, 69% dos entrevistados asiáticos se mostraram dispostos a usar telefones celulares para a maioria dos pagamentos. Os chineses e indianos lideram a pesquisa (76% e 75% respectivamente), seguidos pela Coreia (56%) e pelo Japão (47%). Fora da Ásia, a resposta positiva mais alta foi no Brasil, onde 70% dos consumidores disseram ser favoráveis à utilização de telefones celulares na maior parte dos pagamentos.  De outro lado, nos Estados Unidos e na Europa, apenas 26% mostraram-se abertos ao uso dos celulares na maioria dos pagamentos.


Quando os participantes do estudo foram questionados se haviam usado um telefone celular para fazer compras nos últimos seis meses, quase metade (47%) dos consumidores tech-forward da China responderam afirmativamente, seguidos da Coréia (42%), Japão (33%) e Índia (28%). O Brasil ficou em quinto lugar com (19%).