Como cumprir a Lei de Inclusão

0
5


A Apoena Social, consultoria especializada em implantar programas de Responsabilidade Social em empresas, fez uma lista de dicas do que fazer para se adaptar à Lei de Inclusão de pessoas com deficiência. Andrea Goldschmidt, sócia da Apoena Social, elaborou as seguintes sugestões:

1) Quando a empresa não tem vaga disponível
Para não demitir nem criar vagas aleatórias, muitas empresas que simplesmente não têm vagas abertas podem transformar serviços antes terceirizados em novos cargos. A partir daí, elas devem abrir o processo de seleção para pessoas com deficiências. Dessa forma, a empresa não coloca funcionários a mais e evita gastar além do necessário com a inclusão.

2) Começar sempre por pessoas com deficiência
Assim que abrir uma vaga, seja qual for, a empresa deve primeiro buscar candidatos com deficiência que possam exercer a função. Caso não encontre candidato qualificado, aí sim empresa pode partir para processos de seleção com pessoas sem deficiência.

3) Estagiários
Aos poucos a empresa pode se adaptar à Lei de Inclusão contratando estagiários com deficiências. Como todo aprendiz, o estagiário passará a observar, aprender e crescer dentro da empresa, tornando-se futuramente um funcionário bem adaptado. Ao ser contratado, já estará qualificado para exercer a função que aprendeu durante o estágio. Trata-se de uma solução de longo prazo.

4) RH Disponível
A empresa deve manter o seu departamento de Recursos Humanos sempre qualificado e disponível para apoiar tanto funcionários antigos quanto os novos que sejam pessoas com deficiência. Muitas vezes, durante a convivência no ambiente de trabalho, acontecem contratempos, seja por conseqüência da deficiência de alguém, seja por falta de habilidade de algum funcionário. Nesses casos, o RH é um importante alicerce para direcionar todos os envolvidos na mudança.

5) Cartilha
A Apoena Social desenvolveu uma cartilha contendo dicas e sugestões que facilitam a convivência com pessoas com variados tipos de deficiência. Materiais desse tipo podem ser distribuídos na empresa de forma que todos tenham informações adequadas e participem ativamente do processo de inclusão.