Como vender mais na volta às aulas

0
2
Autora: Cynthia Akao
A volta às aulas é inevitável para o calendário, embora muitas vezes seja enxuto para quem não se planejou, em virtude das festas de fim de ano. A volta às aulas é sem dúvida a boia de apoio para aquecer qualquer economia. Por isso todo comerciante deverá aproveitar esta data e dar aquele empurrãozinho aos seus resultados.
Busque uma oportunidade
Se o seu negócio não tem nada a ver com o tema e não se insere nas categorias (papelaria, livraria, uniformes, etc.) é conveniente que busque uma oportunidade para vender produtos relevantes que podem ir desde o vestuário, como camisetas brancas, até produtos eletrônicos, como pendrives, tablets, etc. Crie oportunidades e pesquise na internet e grupos nas redes sociais nas listas escolares e afins para entender o que as pessoas procuram e como você poderá tirar proveito com isso.
Não perca o “time”
Sempre cuide para que seus fornecedores não deixem passar a data na entrega, não tem nada mais desconfortável do que deixar o “time” passar. Assim sendo, busque esquemas onde o seu fornecedor seja capaz de cumprir com as entregas. Certifique-se que os lançamentos cheguem na data combinada, não tem nada pior do que deixar seu cliente esperando, ou pior, você não ter lançamentos ou produtos para entregar.
Organize seu estoque
Caso a sua loja trabalhe com estoque, cuide sempre para que o mesmo fique organizado. Entenda o que ainda tem nele para saber o que precisa comprar, além de organizar também lançamentos e reposições. Com o seu estoque organizado e controlado através de entradas e saídas (compras x vendas), seu controle fica mais fácil, tanto para o lado financeiro quanto para seu espaço na loja. Agora se você trabalha com a entrega direta do seu fornecedor cuide para que este disponha dos produtos. Se for o caso, aumente o prazo de entrega do produto para o consumidor final.
Atendimento será sempre o diferencial
Bom, não tem muito que falar, investir no atendimento é sucesso garantido. Ainda mais com as recomendações via redes sociais, o que sempre é muito positivo, priorize neste quesito. Lembre-se de deixar seus canais sempre abertos, fazer ofertas via whats, e-mail marketing, Messenger e outros. As pessoas gostam de ser ouvidas, escute-as e venda!
Ações para divulgar seus produtos
Ações como o Inbound Marketing e estratégias de funil de vendas estão em alta. Construa sua identidade virtual sempre direcionada para estas ações. Não se esqueça do e-mail marketing e impulsionar seus lançamentos e ofertas nas redes sociais. Se puder divulgue também em grupos do Facebook e no Instagram. Aposte em fotos bonitas (cobre isso do fabricante) e faça publicações interessantes. Para quem tem uma verba a mais, o Adwords ainda continua sendo uma boa. Não se esqueça de dar um “up” nos anúncios gratuitos e se tiver parceiros virtuais, aposte neles. Se precisar peça ajuda, se ainda não começou a vender online a hora é agora.
Inovar seus produtos
Outra coisa que tem chamado e muito a atenção das pessoas é a criatividade e inovação. Embora marcas ainda sejam muito impactantes, inovação também é. Aposte por exemplo em mochilas feitas de materiais reciclados, feitas artesanalmente ou com formatos inovadores. Não deixe de lado a tecnologia, hoje tem muitos periféricos que merecem a sua atenção, aposte neles! Vendas de produtos de segunda linha pode ser a salvação em tempos de crise. Seja criativo!
Aposte nas mochilas e lancheiras
Mochilas e lancheiras são as queridinhas, principalmente da criançada. Aposte em personagens de desenhos animados da moda, com rodinhas, em conjunto com lancheiras, etc. Faça combos promocionais com outros produtos que saem menos, cupons desconto para a próxima compra, entre outros.
Aceite outras formas de pagamento
Em tempo de crise vale a pena rever seus conceitos, e a forma de pagamento não é uma exceção. Procure entender o funcionamento dos mediadores, cartões de crédito, gateways, maquininhas, etc. Assim você não fica de fora de toda e qualquer oportunidade. Este poderá ser o diferencial que você estava procurando para aumentar suas vendas.
Vitrine virtual, sempre será uma vitrine
Mesmo sendo para um negócio virtual, vitrine é sempre vitrine e o que você expor nela poderá ser um fator decisivo nas suas vendas. No caso de loja virtual eu sempre indico fazer uma revisão de tudo o que você está oferecendo, desde os lançamentos até produtos que não saem mais e que ganham um lugar de destaque com grandes promoções. Não esqueça sempre de equilibrar o seu layout entre o novo e o barato. Nem todos os consumidores têm o mesmo poder aquisitivo e nem todos têm paciência para ficar pesquisando no seu site map, por isso facilite. Bom, bonito e barato também é lei para uma vitrine. Diversifique!
Cynthia Akao é sócia fundadora do Facíleme