Competição sadia

0
3

Atualmente os consumidores têm ferramentas à disposição que fazem valer seus direitos. Desta forma o cliente está mais exigente. O novo perfil do consumidor gera a competitividade entre as empresas, que buscam cada vez mais maneiras alternativas e inovadoras para ganhar o cliente. O pensamento é de Consuleo Amorim, presidente da Sigma, que em entrevista exclusiva comenta as principais transformações do mercado nos últimos 10 anos.
ClienteSA – Quais as principais mudanças que enxerga do mercado nesses últimos 10 anos?
Consuelo Amorim – Considero intensa a evolução nesta última década. Os clientes, mais conscientes dos direitos, puderam ver claramente as alternativas e características dos produtos e serviços, fortalecendo a competitividade sadia entre empresas. Além disso, presenciamos o surgimento de um novo consumidor, vindo das classes menos favorecidas. Também se passou a valorizar o SAC, fazendo com que a importância do bom atendimento fosse incluída na filosofia corporativa. E tem as redes sociais que fizeram valer os direitos dos consumidores.
Quem era a Sigma há 10 anos e quem ela é hoje?
A Sigma existe há pouco mais de sete anos, mas está na área de gestão de clientes somente há cinco. Atuamos com segmentos que requerem atendimento diferenciado. Inicialmente a proposta era trabalhar a retenção de clientes do setor de consórcios, desde a negociação simples até a cobrança judicial. Com o tempo, os contratantes sinalizaram a oportunidade de terceirizar outros serviços, manifestando a necessidade de prestadores menos ´mecanizados´. Foi quando decidimos ampliar nossa atuação.