Confiança cai quatro pontos

0
2



O Índice Nacional de Confiança ACSP/Ipsos caiu para 162 pontos em novembro deste ano, contra 166 pontos em outubro e 164 em novembro de 2011. “Apesar da ligeira desaceleração do INC, o consumidor continua confiante, se sentindo seguro no emprego e pretendendo realizar mais compras neste fim de ano”, diz Rogério Amato, presidente da Associação Comercial de São Paulo, ACSP, e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo, Facesp.

 

De acordo com o índice, 51% dos entrevistados julgam sua situação financeira atual como boa, índice superior aos demais períodos comparados. Já os que acham que a situação futura vai melhorar são 56%, índice ligeiramente abaixo dos anos anteriores para a mesma época do ano. Apesar disso, 46,0% se sentem seguros no emprego, registrando a mesma pontuação dos dois últimos anos. Os consumidores que são favoráveis à compra de eletrodoméstico são 50,0% dos entrevistados, contra 48,0% em 2011 e 51,0% em 2010, ano do auge da recuperação econômica.

 

A classe C é a mais otimista, com 167 pontos, o mesmo registrado em outubro deste ano. Em seguida vêm as classes A/B, com 152 pontos em novembro, contra 164 pontos em outubro. Finalmente, as classes D/E – as menos otimistas – com 144 pontos em novembro, contra 146 pontos em outubro.