Conhecimento, “a” chave

0
2
Ter acesso à informações é um processo essencial para o seu sucesso de qualquer empresa. Por meio dos dados que tem às mãos, ela possui a segurança de se posicionar de uma melhor forma no mercado, tomar decisões antecipadas e ainda se sobressair ante a concorrência. “A informação bem tratada e analisada pode significar uma enorme vantagem competitiva. Desde os processos decisórios mais simples aos mais complexos, a utilização plena da informação disponível pode alavancar negócios, antecipar tendências e apoiar estratégias de forma vital”, afirma a diretora de analytics e modelagem da Boa Vista SCPC, Serviço Central de Proteção ao Crédito, Maria Dolores Gil de Oliveira. 
Porém, nesta era de hiperconectividade, em que dados são gerados a todo o momento, é um desafio conseguir lidar com tantos canais disponíveis e tantas informações. “No mundo corporativo, cada vez mais os processos produtivos e de decisão baseiam-se em imensos volumes de informação, coletados das mais diferentes maneiras, e que transitam e se acumulam pelos bancos de dados das empresas”, explica Flávio de Almeida Pires, presidente da Assesso e gestor da Qibras, Qualidade da Informação Brasil. Justamente, para discutir sobre esse assunto e mostrar quais caminhos tomar, que a Qibras realiza a IV Conferência Internacional em Qualidade da Informação, no dia 09 setembro, que contará com presença de profissionais e palestrantes nacionais e internacionais. Afinal, gestão da qualidade da informação se faz essencial para que uma empresa consiga se diferenciar. “Informação em grande volume já não basta: é necessário que ela tenha qualidade, ou seja, deve ser atual, confiável e precisa, entre outros fatores”, afirmam Eduardo Nicola Zagari, chief data scientist, e Marcia Asano, chief analytics officer , ambos da YouFind Solutions.
Aliás, a informação é tão vital para as organizações, que Maria Dolores a compara como um combustível para as empresa. Entretanto, esta só poderá trazer o vigor necessário se for bem trabalhada. Ou seja, não basta apenas investir em ferramentas, é preciso que as empresas saibam a melhor forma de utilizá-las, bem como unir com recursos humanos e tecnológicos especializados para o seu melhor funcionamento. “O importante é fazer com que esse combustível leve as empresas cada vez mais longe”, completa ela.
Pode facilitar, ainda, para a empresa no melhor aproveitamento das informações escolher aquela referente ao mercado que ela está inserida. “Por exemplo, empresas no setor de construção civil precisam ter informações como: quais obras existem, valor, região. Para os varejistas é relevante que você informe sobre o fornecimento, tendência de crescimento nos anos subsequentes”, expõe Alexandre Guglielmi, diretor comercial da Neoway.
Para aqueles que ainda não realizam a gestão da qualidade da informação, há inclusive a chance de não obter resultados positivos, arriscando até a própria sobrevivência. “A má gestão da qualidade da informação pode levar a problemas maiores e estruturais para as empresas”, ressalta Pires. É importante que as empresas tenham em mente que o cuidado com a qualidade da informação é essencial para elas, pois é por meio delas que as campanhas e ações poderão ser mais efetivas quando se trata de aproximação com o cliente. 
Segundo uma pesquisa feita pela Forrester, em parceria com a SalesforceExactTarget Marketing Cloud, 84% dos profissionais de marketing afirmam que uma oferta ou conteúdo personalizado tem maiores chances de impacto positivo na retenção e fidelização dos clientes. “A tecnologia permite criar campanhas segmentadas mais efetivas, porque a empresa, através dos dados de comportamento, passa a atender melhor seus clientes e a atendê-los com ofertas pertinentes. E isso se reflete diretamente na taxa de conversão”, afirma Edson Barbieri, vice-presidente e general manager da SalesforceExactTarget Marketing Cloud Latam.
Assim, aquele que conseguir aproveitar ao máximo o conhecimento que possui e se aproximar ao seu cliente será o mais bem sucedido, uma vez que conseguirá fazer dele uma pessoa leal à marca. “As empresas que reconhecerem essa oportunidade irão elevar sua base de clientes, enquanto as que não oferecerem isso ficarão para trás”, destaca Barbieri. “Os clientes sentem-se atraídos por experiências adequadas aos seus interesses, gostos e necessidades, e as marcas que adaptarem as suas campanhas baseadas nessas premissas, vão se aproximar cada vez mais dos seus consumidores.”
Serviço
IV Conferência Internacional em Qualidade da Informação da Qibras
Dia: 09 de setembro
Horário: das 09h às 18h
Local: Hotel Maksoud Plaza – Alameda Campinas, 150, Bela Vista – São Paulo/SP
Inscrições: http://www.qibras.org/conferencia-2014/formulario-de-inscricao
Para mais informações sobre programação e palestrantes: http://www.qibras.org/conferencia-2014/programacao-e-palestrantes

E para você, por que uma empresa precisa se preocupar com a qualidade das informações? Participe da nossa enquete!
Confira também as outras matérias do Especial:

Cuidado com a informação de qualidade é essencial para a retenção de clientes
Ao mesmo tempo em que trazem facilidades, novas tecnologias e internet acarretam desafios às empresas
Mais do que ter dados, empresa com conhecimento é mais segura para tomada de decisões
Dados de comportamento auxiliam empresas a serem mais assertivas em suas ações
Por meio de seu máximo aproveitamento, empresas conseguem tirar vantagem competitiva

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCultura multinacional
Próximo artigoScore na pauta, de novo!