Consultas ao SCPC sobem 1,7% em janeiro de 2006

0
1

As consultas ao Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) aumentaram apenas 1,7% em relação a igual período do ano passado mostrando que as vendas dos bens de maior valor, que dependem do crediário, tiveram um ritmo lento neste início de ano, ficando abaixo das expectativas do setor, a exemplo do que ocorreu em dezembro último, informou o presidente da entidade, Guilherme Afif Domingos. Segundo ele, no UseCheque o número de consultas cresceu 8,0% graças às promoções e liquidações realizadas pelo varejo. Afif disse que o fato de 2005 ter se encerrado com um movimento do varejo fraco influenciou o desempenho neste início de ano. Ele afirmou que esperava que, em função da desaceleração do crescimento das vendas do comércio e da produção industrial, o COPOM fosse acelerar o processo de redução da SELIC, o que, infelizmente não ocorreu. A expectativa agora, disse, é que o aumento do gasto público e a entrada em vigor do novo salário mínimo permita a expansão das vendas do varejo no segundo trimestre.