Consumo mais saudável

0
2



Pesquisa sobre tendências de consumo e perfil do consumidor da Associação Paulista de Supermercados, Apas, mostra que o apelo do que faz bem cada vez mais funciona e já faz parte do padrão de consumo nos lares. A pesquisa foi realizada em parceria com a Nielsen e Kantar Worldpanel, com coordenação da Faculdade Getúlio Vargas (FGV).

 

Segundo o presidente da Apas, João Galassi, isso implica em significantes mudanças comportamentais não observadas em anos anteriores. “Tivemos a inclusão de alimentos na lista do consumidor não observados antes. A água de coco, por exemplo, chegou a 2,2 milhões de residências. Ainda na lista produtos benéficos à saúde, produtos integrais, funcionais e saudáveis tiveram forte apelo na escolha do consumidor”.

 

O cliente também está mais consciente. As informações apontaram que 69% das pessoas gostariam que os produtos de alimentação ajudassem a manter a saúde. “O padrão de consumidor crê que o produto tem que ser funcional. A saudabilidade é o fator principal na hora do consumidor tomar a decisão de consumo”, releva o presidente da Apas. O executivo aposta, ainda, que para 2013, o faturamento com foco na saudabilidade alcance R$ 80 bilhões.

 

Consumidores otimistas

A Pesquisa de Confiança dos Supermercados do estado de São Paulo apontou que, no atual contexto, o Brasil continua com o mais alto índice de confiança do consumidor entre os países da América Latina, à frente, inclusive, de países como Chile e México. Essa relação de confiança atrelada à economia do país reflete o consumo das famílias em bens duráveis e, em menor medida, de bens não duráveis.