Controle da operação

0
14


A Localfrio, empresa de armazéns frigorificados, terminal alfandegado e de transportes, fecha contrato com a Store Automação, desenvolvedora de soluções de TI para a área de logística, para a implantação de um software para gerenciamento de armazenagem e gestão operacional de depósitos. A empresa vai adotar uma solução de WMS – voltada para o gerenciamento de armazenagem, junto às facilidades do sistema de Redex (Recinto Especial de Exportação) e do EADI (Estação Aduaneira do Interior) -, um projeto de integração dos três sistemas da Store que se transformará num piloto pioneiro no Brasil.

A operação da Localfrio, que envolve desde armazéns frigorificados, instalação portuária alfandegada, pátio e transporte de contêineres, necessitava de um sistema que atendesse de forma integrada à demanda dos controles de rotinas, além de suprir as exigências do mercado em que atua, que hoje requer mais agilidade nos processos, como é o caso do código de barras, por exemplo. Para isso, a empresa fez uma análise entre os fornecedores de soluções e, segundo o gerente geral de logística da companhia, Benoir Toivy Wertzner, a Store foi a única empresa capaz de oferecer uma customização que integrasse todos os processos de gestão de cargas.

“Com a substituição dos nossos sistemas internos pelos da Store, a expectativa é que possamos reduzir os prazos de processamento da documentação em cerca de 10% a 20% e, em relação à agilidade da operação, nossa meta é diminuir o tempo em torno de 20%”, comenta Wertzner. O executivo comenta que o investimento nesta implementação faz parte de uma reestruturação na área de TI (Tecnologia da Informação) da Localfrio.

Outra facilidade que a empresa espera obter com a integração das informações é a agilidade que terá no trato dos dados vindos das três unidades espalhadas no Estado de São Paulo, bem como de sua co-ligada LocalLink, de Itajaí.