Cresce 115% uso de dados nos smartphones

0
0
O número de pessoas que utilizam serviços de dados nos seus smartphones cresceu 115% nos últimos três anos. Como revela o Estudo Operadoras de Celular, da CVA Solutions. Tanto no pré-pago como no pós-pago houve um aumentou de 33,1% para 70,9% a quantidade de consumidores que usam dados, entre 2012 e 2015. Sendo que 40% das pessoas que ainda não usam dados, afirmam que começarão a usar dentro de seis meses. O estudo, finalizado no início de maio, ouviu 7.002 pessoas de todo o Brasil, sendo 4.165 com planos pré-pagos e 2.837 com planos pós-pagos e controle.
Uma análise dos últimos dois anos revela ainda que a utilização dos aplicativos vem crescendo exponencialmente. O uso do Whatsapp cresceu de 28% para 86% no pós-pago e de 15% para 77% no pré-pago, entre 2013 e 2015. Até as transações bancárias no smartphone, via Internet Banking, subiram de 21% para 46% no pós-pago e de 13% para 36% no pré-pago.
Por outro lado, a telefonia celular continua sendo o setor mais mal avaliado entre os 42 pesquisados pela CVA. Ainda assim, de 2014 para 2015 houve uma ligeira melhora em sua nota (de 5,88 para 5,95). Mesmo assim, 73% dos usuários afirmam que mudariam de operadora de celular se fosse fácil e descomplicado. A principal motivação para escolher a nova operadora seria encontrar melhor preço ou promoção em outra companhia.”O setor está menos engargalado, devido a atual recessão. A demanda está crescendo menos e os investimentos das empresas estão amadurecendo a tempo de melhorar a nota de satisfação do consumidor. Os piores anos para as operadoras foram 2013 e 2014″, afirma Sandro Cimatti, sócio-diretor da CVA Solutions, empresa de pesquisa de mercado e consultoria, subsidiária da CVM Inc. dos Estados Unidos.
O objetivo do estudo é entender a estrutura de Valor Percebido (custo-benefício percebido pelos clientes) no mercado, a partir do ponto de vista do consumidor. Além de medir a posição competitiva das principais empresas e diagnosticar possibilidades de criação de vantagem competitiva sustentável. As operadoras citadas pelos respondentes do estudo em todo o Brasil foram Claro, CTBC/Algar, Nextel, Oi, TIM e Vivo. A Nextel, que já teve 4,7% de market share de chip principal e depois quase sumiu do mercado (1,8%), quando não tinha 3G, agora começa a crescer novamente (2,8% de market share). Ressurgindo como segunda colocada em Força da Marca e primeira colocada em Valor Percebido, no pós-pago. “A Nextel é um case. Está ressurgindo das cinzas”, observa Cimatti, lembrando que a empresa obteve destaque em Valor Percebido, Recomendação e em Migração.
PRÉ-PAGOS
De acordo com o atual estudo da CVA Solutions, 56,7% dos usuários de pré-pago não estão satisfeitos com a qualidade da rede de dados que recebe de suas operadoras. Desses, 80,9% navegam pela Internet, sendo que 46,5% acessam principalmente por rede Wi-Fi, 44,2% pelo 3G e 5,9% no 4G. O uso de SMS vem caindo (de 88,1% em 2014 para 81,4% em 2015), ao mesmo tempo em que o uso de aplicativos como o Whatsapp vem aumentando (de 53,1% em 2014 para 77,7% em 2015).
Já o melhor valor percebido (custo-benefício percebido pelos clientes) para Telefonia Celular pré-paga é da Vivo (1,03), seguido pela Claro (1,01). Oi está em terceiro, com 0.99 e Tim tem 0,98. O principal problema apontado para todas as operadoras é a ausência de sinal (para 80,9%), seguido por atendimento insatisfatório (53,1%) e dificuldade de buscar informações no site (42,9%). A operadora com a maior Força da Marca (a atração menos rejeição perante clientes e não clientes) em pré-pago é a Vivo, com 17,2%, número dois pontos percentuais maiores do que o registrado em 2014. A Tim vem em segundo lugar, com 3,1%, número inferior a 2014, quando registrou 5,5%. Claro e Oi vem em terceiro e quarto lugares. 
PÓS-PAGOS E CONTROLE
Dos usuários de planos pós-pagos, 53,1% não estão satisfeitos com a qualidade da rede de dados que recebem de sua operadora. Mesmo assim, dos 88% que dizem navegar pela Internet, 49,3% usam principalmente o 3G, 34,6% usam rede Wi-Fi e 13,2% usam o 4G. O uso do SMS vem caindo de 90,9% em 2014, para 85,1% em 2015. Ao mesmo tempo em que a utilização do Whatsapp vem subindo, de 63,4% em 2014, para 86,5% em 2015.
                                            
O melhor Valor Percebido para Telefonia Celular Pós-paga é da Nextel, com nota 1,19, considerada world class. A Vivo está na segunda posição, com nota 1,03, e a Claro na terceira posição (1,02)O. Oi e TIM repetiram os resultados do ano passado, com notas respectivamente de 0,98 e 0,95. A operadora com a maior Força da Marca em Pós-pago é a Vivo com 24,7%. A Nextel manteve a segunda posição e melhorou, com um ponto percentual a mais do que no ano passado: 3,1%. A Claro também melhorou um pouco e manteve a terceira posição com 1,8%.