Cresce inadimplência entre usuários de cheque

0
1

A inadimplência em abril deste ano é de 2,6% revela a pesquisa Índice de bons pagadores realizada mensalmente pela Telecheque. Embora o índice seja menor em relação ao apresentado em março de 2004, quando os cheques devolvidos totalizaram um percentual de 3,63%, ele é 24,5% maior em relação ao mesmo período do ano passado. Em abril de 2003, a inadimplência foi de 2,09%.
A pesquisa mostra que 31,7% dos cheques emitidos em abril foram para pagamento à vista e 68,3% foram pré-datados, índices que ficaram no mesmo patamar em relação ao mês de março. Do total emitido no País, 96,75% foram honrados e 0,64% foram cheques roubados, que em março totalizaram 0,90%. De acordo com o levantamento, a inadimplência em abril foi maior na região norte, que respondeu por 4,49% do total de cheques devolvidos e 94,97% de cheques honrados.
Em seguida está a região nordeste, com um índice de 2,89% de inadimplência e de 96,39% de transações honradas. Logo atrás está a região sudeste, com inadimplência de 2,75% e honra de 96,55% das transações com cheques. A região Sul foi a “campeã” de consumidores bons pagadores, já que 97,83% dos cheques transacionados foram honrados e o índice de cheques devolvidos, geradores de inadimplência, foi de apenas 1,67%. O Centro-Oeste, logo em seguida, também apresentou um desempenho bastante satisfatório, com 97,47% de cheques honrados e um índice de 2,13% de inadimplência.
Os piores desempenhos relativos à inadimplência, no ranking por estado, ficaram por conta de Sergipe, 6,4%, Amazonas, 5,08% e Pará, 4,16%. Em contrapartida, a pesquisa mostra que o Paraná abrigou, em abril, os consumidores que mais honraram suas transações com cheques, ao apresentar um índice de 98,19% de cheques honrados, percentual 1,4% maior comparado ao mês de março, quando o Estado ficou na terceira colocação. Na atual pesquisa, o índice de inadimplência no estado é 1,44%, ou seja, 43,2% menor que o apresentado em março.