Cresce o uso do cartão de crédito

0
12


O faturamento do mercado brasileiro de cartões de crédito no acumulado do ano, até outubro, será de R$ 101,3 bilhões. Com esse resultado, a indústria de cartões deverá superar, em dez meses, o total do faturamento atingido em 2004, que foi de R$ 100,4 bilhões. Os dados são do estudo exclusivo Indicadores do Mercado de Meios Eletrônicos de Pagamento, da Credicard.

Realizado a cada mês, o estudo Indicadores analisa o desempenho do mercado nacional de cartões de crédito e é uma referência no setor. Segundo Fernando Chacon, diretor-executivo de Marketing da Credicard, a forte expansão é atribuída à substituição do cheque pelo cartão, pela extrema praticidade desse meio de pagamento eletrônico; ao dinamismo da indústria, que oferece aos consumidores novos produtos e serviços; e ao bom desempenho da economia. A previsão para o volume de transações do mercado brasileiro de cartões para 2005 é de R$ 127 bilhões.

O acumulado de R$ 101,3 bilhões até outubro representa crescimento de 27% sobre o mesmo período de 2004. O número de transações realizadas pelos consumidores com cartões chegará a 1,162 bilhão até o final do mês, enquanto a compra média estimada no ano é de R$ 87. O número de cartões de crédito em circulação no país atingirá 63,6 milhões. Em janeiro de 2005, havia 52,9 milhões de cartões em circulação, o que significa que 10,7 novos milhões de cartões entraram em circulação em dez meses.