Cresce uso do cartão de crédito na classe C

0
0


A penetração do cartão de crédito na classe C passou de 44% em 2004 para 50% em 2005, revela o mais novo relatório do Ibope Inteligência, denominado “Cartões de crédito – clientes, estratégias e comunicação”. Na classe D/E a penetração do produto passou de 29% para 33%.

O investimento publicitário do setor de cartões de crédito revela também o foco das empresas do setor em alcançar os clientes e prospects de renda baixa. Enquanto a distribuição do investimento entre os meios de comunicação privilegiou a TV aberta, com 68% da verba dos anunciantes de cartões, o mercado em geral investiu 48% do bolo publicitário no referido meio. Essa concentração na TV aberta confirma a tendência das empresas do setor em apostar na conquista de clientes de baixa renda.

O Ibope Inteligência analisou também as diferenças demográficas, psicográficas e de consumo de mídia dos possuidores e não possuidores de cartões de crédito e mostra que o perfil médio dos clientes varia bastante entre as empresas estudadas (Mastercard, Visa, ABN Amro Real, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, HSBC, Itaú, Santander Banespa e Unibanco). “Apenas 74% dos clientes de cartão de crédito da Caixa Econômica Federal possuem conta corrente, por exemplo. Já no ABN Amro Real, esse índice é de 91%”, afirma Alexandre Umberti, coordenador de análise do Ibope Inteligência.