Crescem vendas no varejo

0
2



Coerente com a Pesquisa Mensal do Varejo, do IBGE, que apresentou no acumulado de janeiro a agosto um crescimento de 9,7% nas vendas do comércio varejista, em todo o Brasil, o Indicador Serasa de Atividade do Comércio confirma a evolução do período, com 9,8%.

 

O volume de vendas do comércio varejista nacional cresceu 9,5% de janeiro a setembro de 2007, na comparação com o mesmo período de 2006.

 

As vendas das lojas do varejo especializado (lojas de eletroeletrônicos, veículos, materiais de construção etc.) cresceram 12,2% em relação ao mesmo período do ano passado. Já as vendas dos hipermercados, supermercados e do varejo de alimentos e bebidas (mercearias, açougues, quitandas, distribuidoras de bebidas etc.) subiram 6,9% na comparação com os primeiros nove meses de 2006.

 

Quando comparado setembro de 2007 com setembro de 2006, as vendas do varejo aumentaram 7,7%. O varejo especializado puxou a alta, com crescimento de 9,7% no período. O volume de vendas dos hipermercados, supermercados e do varejo de alimentos e bebidas aumentou 5,9%.

 

Já na relação mensal (setembro sobre agosto de 2007), as vendas do varejo diminuíram 3,1%. No varejo composto pelos hipermercados, supermercados e o varejo de alimentos e bebidas, as vendas ficaram praticamente estáveis (com ligeira queda de 0,1%), e no varejo especializado, o recuo foi de 5,7%.

 

Segundo os analistas da Serasa, os resultados são devidos à expansão do crédito, alongamento dos prazos de financiamento, juros menores, aumento do emprego formal, queda da inadimplência e elevação da massa salarial.