Crie-UFRJ redesenha seu portal

0
3

O Centro de Referência em Inteligência Empresarial (Crie), ligada à Coppe (Coordenação dos Programas de Pós-graduação de Engenharia), da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ – está utilizando a internet como uma ferramenta a serviço do projeto de construção da sociedade do conhecimento. Utilizando a plataforma de software Lumis portal suite, da Lumis Tecnologia da Informação, a entidade acaba de modernizar o portal que hoje integra, em ambiente de colaboração, mais de mil membros da comunidade acadêmica, na maioria, pesquisadores e representantes do setor produtivo e de órgãos governamentais, preocupados com a geração, gestão e transferência do conhecimento no País.
“A iniciativa contempla a necessidade de dotar o Brasil de ferramentas que lhe permitam participar em situação de vantagem do projeto de construção da sociedade do conhecimento, que passa obrigatoriamente pelo uso da internet como ambiente de comunicação, integração e colaboração”, explica o professor Marcos Cavalcanti, coordenador do Crie.
O pesquisador argumenta que, para conquistar lugar de destaque no cenário mundial, o Brasil precisa sair do modelo de produção que ainda se orienta pelos conceitos de terra, capital, trabalho, matéria-prima e energia, paradigmas da Revolução Industrial deflagrada no século 21, mas que hoje pesam menos de 40% na formação das riquezas dos países de economia desenvolvida.
Não é por acaso que, segundo ele, nos últimos dez anos, os Estados Unidos vêm transferindo para os países emergentes todas as fábricas de produtos definidos como simples commodities, inclusive equipamentos eletrônicos. “Na era do conhecimento o que importa é produzir e exportar inteligência: software, consultoria, filme, música e todo e qualquer produto capaz de gerar royalties. Mas, para isso, precisamos de sistemas que nos permitam gerar e disseminar a informação”, acredita Cavalcanti.