CRM no tabuleiro

0
2

Vivenciar um conceito, absorvendo suas principais características por meio de jogos, é uma iniciativa já bastante utilizada por pedagogos e especialistas em educação. Agora a prática chega ao mercado corporativo, mais especificamente ao segmento de implementação de sistemas de CRM (Customer Relationship Management) pelas mãos da consultoria Tridea, uma das certificadas brasileiras para a venda do Microsoft Business Solutions CRM.
Recentemente criada por um grupo de executivos oriundos das áreas de vendas, marketing e tecnologia, a empresa aposta na realização de jogos para garantir que as práticas advindas da aquisição de um aplicativo sejam absorvidas por seus usuários. “Se a tecnologia e os processos por ela suportados não estiverem alinhados à organização e às estratégias de negócios, dificilmente os resultados esperados serão alcançados”, afirma José Miraglia, um dos fundadores da Tridea.
O executivo afirma que a metodologia de implementação adotada pela empresa tem o objetivo de alinhar estes três elementos em cada um de seus clientes. É aí que entram os jogos. De acordo com Flavio Fernando Silva, diretor de marketing, eles permitem que os participantes experimentem os conceitos e práticas através de simulações de cenários de negócios. “O exercício da tomada de decisão, e o formato lúdico do jogo, favorecem o aprendizado e a sedimentação do conhecimento”, ressalta.
Na prática, os jogos de empresas criados pela Tridea podem abordar quatro áreas: corporativo, marketing, vendas e serviços. São formados grupos que representam diferentes empresas e/ou diferentes profissionais da mesma empresa. Nesse momento as regras gerais do jogo são apresentadas.
O jogo é executado em várias rodadas, onde os grupos serão responsáveis pela tomada de decisões, as quais definirão sua performance. Ao final de cada rodada, resultados são apresentados e discutidos à luz dos conceitos e melhores práticas. “Ao final do jogo, o grupo com melhor performance é declarado vitorioso, sendo realizada uma avaliação global dos resultados”, explica o executivo, afirmando que os resultados são melhores do que os obtidos com métodos tradicionais.
Além dos jogos, a consultoria conta também com áreas voltadas à educação e análise de gaps. A primeira, por meio de palestras, workshops e cursos, amplia e fortalece a visão empresarial que irá garantir a adoção e a prática de políticas de relacionamento por parte dos profissionais das áreas de administração, marketing, serviços, vendas, atendimento e qualidade, por exemplo. Já a segunda área mapeia oportunidades para melhoria organizacional em áreas como marketing, vendas e serviços. A análise é feita por meio de entrevistas, suportadas por documentos de levantamento pré-formatados, que serão conduzidas com pessoas chave da empresa, com o objetivo de colher informações que possibilitem avaliar processos, requerimentos, regras de negócio, integrações e tecnologia.