Cuidados nas compras do Dia das Mães

0
5
Com a chegada do Dia das Mães, muita gente usa a Internet para comprar presentes. Para evitar problemas, Álvaro Teófilo, superintendente de Segurança da Informação do Santander, dá algumas orientações aos consumidores, para que eles se protejam e reduzam eventuais riscos. O Banco, inclusive, oferece um curso gratuito de segurança da informação para os internautas, clientes e não clientes, em seu portal www.santanderbanespa.com.br.
Confira as dicas:
 
Internet

– Assim como se evita fazer compras em lojas desconhecidas, prefira as lojas virtuais já conhecidas e que ofereçam aos clientes e-mail, telefones e endereço para contato.
– Mantenha o antivírus de seu computador sempre atualizado e nunca clique nos links ou arquivos recebidos em mensagens não pedidas. Eles podem ter os chamados cavalos-de-tróia, que se instalam no computador e “roubam” os dados digitados pelo usuário, como, por exemplo, suas senhas bancárias.
– Nunca use computadores públicos para fazer compras ou transações bancárias, pois é difícil saber se têm antivírus atualizados. Se precisar usar computadores públicos, escolha um local de confiança.
– Digite você mesmo, no navegador, o endereço do banco ou de outros sites que precisem de senha. Nunca entre nessas páginas a partir de links em outros sites na Internet.
– Esteja certo de que ninguém está olhando enquanto você digita suas senhas. Encerre a sessão clicando no botão “sair” ou fechando o navegador.
– Desconfie de e-mails com remetente e conteúdo duvidosos. Os golpistas podem usar endereços falsos, como, por exemplo, de instituições bancárias e órgãos governamentais, para chamar a atenção dos usuários.
– Nunca responda e-mails que pedem seus dados bancários, como número de conta, agência e senhas.
– Chame um técnico de sua confiança se você desconfiar que seu computador tem vírus.
 
Caixa eletrônico

– Verifique o equipamento, antes de usá-lo. Em caso de sinais de fraude (fiação aparente, indício de cola ou fita adesiva, dispositivos obstruindo a saída do dinheiro etc), não use o equipamento.
– Antes de iniciar a transação, verifique na tela se o equipamento está ativo. Se estiver fora de serviço, não insira o cartão.
– Ao digitar a senha, evite que outros possam vê-la ou descobri-la pelo movimento dos dedos no teclado.
– Fora dos horários comerciais, prefira usar terminais de auto-atendimento instalados em locais de grande movimentação, e se possível, em ambientes internos (shoppings centers, lojas de conveniência, postos de gasolina etc).
– Se não conseguir concluir uma operação, aperte a tecla “anula” ou “cancela”.
 
Cartões e talões de cheques

– Nunca empreste seu cartão nem permita que seja examinado por estranhos.

– Nunca empreste seu cartão nem permita que seja examinado por estranhos.

– Tenha cuidado com esbarrões – seu cartão pode ser trocado ou roubado.
– Evite situações em que você perca o cartão de vista temporariamente, inclusive durante o pagamento de uma compra. Ao ser devolvido, veja se, realmente, é o seu. Ao usar o cartão de crédito, verifique o valor da compra no comprovante antes de assiná-lo.
– Ao usar os cartões, evite que outras pessoas vejam a digitação da senha.
– Guarde seus talões de cheque em local seguro, sem acesso ou conhecimento de outras pessoas.
– Não aceite caneta de outras pessoas para preencher os cheques. Use letras e números grandes e legíveis e inutilize os campos em branco. De preferência, cruze os cheques.
– Não empreste suas folhas de cheques para terceiros.
– Anote o número das folhas de cheque usadas, pois em caso de roubo é mais fácil identificá-las.