Definida a nova gestão da CNU

0
1



Os sócios da Central Nacional Unimed elegeram na última quarta, 20 de março, uma nova composição para a diretoria executiva da empresa para a gestão do triênio, 2013-2016. Mohamad Akl, presidente da operadora, permanece no cargo e Humberto Jorge Isaac é o primeiro vice-presidente da Central Nacional Unimed.


Francisco Albeniz Bohrer Pilla passa a ser o diretor Administrativo e Financeiro; Luiz Paulo Tostes Coimbra, diretor de Mercado, Marketing e Comunicação; Paulo César Januzzi de Carvalho, diretor de Atenção à Saúde e Intercâmbio. Houve modificação também no Conselho Fiscal e no Conselho Técnico-Operacional da operadora, agora denominado Conselho Administrativo, Técnico e Operacional. Este último, em razão de recente mudança estatutária, passa a ser deliberativo para assuntos específicos e não somente consultivo.


Manter o ritmo de crescimento da operadora e disputar um mercado cada vez mais concentrado serão dois dos principais desafios da nova diretoria,  conforme explica o presidente da CNU. “Entre dezembro de 2010 e o final de 2013, teremos dobrado nosso faturamento para R$ 2 bilhões, mas, mais do que números, destacamos os investimentos em treinamento e infraestrutura, pois somos responsáveis pela saúde de quase 1,3 milhão de pessoas”, salienta Mohamad Akl.


A Central Nacional Unimed é uma empresa de origem cooperativista e sua gestão é definida por meio de eleição, realizada a cada quatro anos em assembleias gerais ordinárias, nas quais os eleitores são as cooperativas associadas. Esta é, aliás, uma das principais expressões da governança corporativa da operadora, que também se manifesta por meio de outras assembleias ordinárias e extraordinárias; de reuniões periódicas de gestores e de diretores, e dos comitês e subcomitês da operadora, como os de Mercado, Medicina Preventiva e Recursos Próprios.
 
     

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBons líderes formam bons líderes
Próximo artigoZenvia anuncia novo CEO