Delivery Drogão passa por transformação

0
4

De acordo com o gerente do Delivery Drogão, Ricardo Bolzani, durante os três anos que há o serviço de entrega a empresa acompanhou, minuciosamente, o comportamento do cliente. “Observamos que 90% dos pedidos feitos pelos clientes não tinham urgência, ou seja, eram vendas programadas, medicamentos ou produtos de uso contíunuo”, explica. A partir dessas constatações, o Drogão está readequando o seu serviço de entrega, que passa a ser realizado no dia seguinte útil, após a solicitação feita pelo cliente. Com isso, houve sensível diminuição nos custos, com enormes vantagens revertidas para os clientes.