Detalhes que somam à experiência

0
9

O que atrai um cliente em uma loja? Há muito motivos que podem servir de resposta. Às vezes, pode ser uma razão aparente, preferência da marca, preço. Em outras situações, são pequenos detalhes que fazem com que se sinta confortável, estimulando a compra. A técnica de call to action pode criar esse ambiente em e-commerces e sites, fazendo com o que consumidor se encontre na página, veja tudo o que a empresa quer que veja e ainda o guie para uma compra. Segundo Marcio Arnecke, diretor de marketing da Zendesk para América Latina, o CTA serve “para a empresa direcionar o visitante ao próximo passo que ele deve tomar”. Em entrevista exclusiva à ClienteSA, o executivo fala mais sobre o recurso e como ter bons resultados.

ClienteSA: Qual a importância de trabalhar com o call to action?
Arnecke: O CTA serve para a empresa direcionar o visitante ao próximo passo que ele deve tomar. A empresa que utilizá-lo acertadamente em seu website se destacará entre os consumidores. O que aumentará não apenas o número de visitantes na página, como a conversão de vendas. Como ele funciona para impulsionar o interesse e acelerar a venda, usualmente os melhores são relacionados com o tempo e quantidade (promoção por poucas horas ou com poucas unidades), curiosidade (clique aqui para aprender mais agora, por exemplo) ou exclusividade.

Como essa estratégia é capaz de aumentar a atração do cliente e converter em vendas?
A soma de um layout atraente com navegação intuitiva prende a atenção do consumidor. Uma vez que se tem um site limpo e objetivo, com links autoexplicativos que atendam às necessidades no momento da visita. Esse consumidor fica mais propenso à compra do produto. Botões com textos que transmitam clareza evitam qualquer tipo de dúvida por parte do consumidor e impulsionam o processo da compra.

Quais outros ganhos esse recurso traz para a empresa?
A partir do momento que o consumidor tem uma comunicação objetiva dentro do site, onde é guiado pelas páginas e tem todas as informações de interesse à mão, o site torna-se uma referência para ele. Que passa a indicar para pessoas próximas, fortalecendo e divulgando a marca no mercado. E o CTA pode ocorrer de várias maneiras, por exemplo, por meio de empresas que fornecem serviços e compartilham a assinatura “Powered by”. O que não deixa de ser um CTA indireto, onde os serviços dessa empresa acabam proliferando via seus clientes.

Quais as dicas para quem deseja implementar o CTA em seu site?
Olhar para seu negócio de maneira única, sem ignorar os concorrentes. Ver o que realmente é funcional e como implantar essa ferramenta para facilitar o acesso do cliente. Utilizar cores atraentes e não pensar no processo apenas de compra, mas integrar com a entrega e atendimento ao cliente, quando necessário. O CTA deve ser direto e curto. Normalmente, longos CTAs não funcionam.