Dia das Mães virtual: R$ 750 mi em 2011

0
2



A temporada de datas sazonais no e-commerce deverá começar em alta em 2011. Segundo a E-bit, empresa especializada em informações de comércio eletrônico, o Dia das Mães contribuirá com R$ 750 milhões no ano, o que significaria um acréscimo nominal de 20% em relação a 2010, quando faturou R$ 625 milhões. O período, contabilizado pela E-bit entre 24 de abril de 2011 e 8 de maio de 2011, é o segundo mais lucrativo para o setor, ficando atrás apenas do Natal.


Para Pedro Guasti, diretor geral da E-bit, a data é um dos momentos mais esperados do ano pelos e-lojistas. “O Dia das Mães tem uma importância significativa no e-commerce brasileiro. Para o mercado, é um período de alto pico de vendas e faturamento. Os empresários virtuais devem estar atentos a esse fato e planejar bem a estrutura logística de suas lojas para atender a demanda de pedidos”, assinala o executivo.


A previsão de 20% de faturamento, inferior aos 30% esperados para 2011, tem uma razão: “Nesse mesmo período no ano passado, a Copa do Mundo provocou uma forte expansão nas vendas de TVs de tela plana, elevando o tíquete médio e o faturamento da data”, explica Guasti.


A maior competitividade do mercado, buscando atrair a atenção dos novos consumidores que estão entrando no e-commerce, deve motivar ainda mais os filhos a presentearem suas mães virtualmente. Para a data, as categorias de produtos mais vendidos devem ser cosméticos e perfumaria, eletrodomésticos, flores e cestas e moda e acessórios, categoria que ganha cada vez mais força no setor.